Latrocínio

Preso suspeito de jogar jovem da ponte para roubar moto

Lucas Teixeira Araújo, 20 anos de idade, confessou ter praticado o latrocínio.
Imirante.com22/03/2019 às 15h30
Preso suspeito de jogar jovem da ponte para roubar motoLucas Teixeira Araújo. (Foto: Divulgação)

SANTA INÊS - A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da equipe de capturas da 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, prendeu, nesta sexta-feira (21), Lucas Teixeira Araújo, 20 anos de idade, acusado de praticar um latrocínio, tendo como vítima Wildevis Maciel, conhecido como “Davi”. A vítima foi jogada de uma ponte, dentro do rio, após ter a moto roubada.

Segundo a polícia, Wildevis Maciel desapareceu no último dia 15 de março, tendo sido visto pela última vez na festa de aniversário da cidade Santa Inês, no espaço cultural Dona Zima, em companhia de algumas pessoas, inclusive de Lucas Teixeira.

A família comunicou o seu desaparecimento de Wildevis à Polícia Civil, que iniciou as investigações. Após saber que a polícia estava investigando o caso, Lucas tentou dar sumiço na moto da vítima, jogando-a em um precipício às margens da BR e próximo a cabeceira da Ponte dos Índios, mas a moto ficou presa por cipós, sendo encontrada pela equipe policial.

Dando continuidade às investigações, a Polícia Civil conseguiu identificar e localizar Lucas Teixeira, como suspeito de ter matado a vítima. Após ser detido, Lucas confessou o crime e, inclusive, indicou o local onde poderia ser encontrado o corpo de Wildevis.

Ainda segundo o suspeito, ele teria empurrado a vítima de cima da Ponte dos Índios, e que após empurrar a vítima no rio, pegou a moto de Wildevis e a escondeu em um matagal próximo à sua casa. E que, dias depois, pegou a moto do esconderijo e tirou a placa, jogando às margens da BR-316, e seguiu para o povoado Bambu, onde foi para um bar e tomou algumas cervejas, agindo como se nada tivesse acontecido.

Diante dos fatos, Lucas Teixeira Araújo foi levado para a Delegacia de Santa Inês, para os procedimentos cabíveis e logo depois será levado para o Sistema Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.