A gente conta... | Vitor Araújo Telles - profissional de Educação Física

"O esporte me deu tudo de bom e, por isso, não me separo dele"

Ele é um exemplo de que o esporte muda a vida das pessoas, contribuindo positivamente em diversas áreas e ensinando valores essenciais para a vida inteira
17/07/2021
"O esporte me deu tudo de bom e,   por isso, não me separo dele"Vitor Araújo Telles é um exemplo de profissional de Educação Física (Divulgação)

São Luís - Ele tem 34 anos e um caso de amor com a saúde e o esporte. O administrador e profissional de Educação Física Vitor Araújo Telles às vezes não consegue separar o trabalho do lazer. É que ele sempre esteve envolvido com atividade física e, influenciado pela família, passou a trabalhar no ramo. Hoje, é um dos mais competentes professores de Educação Física de sua geração no Maranhão, comandando o CF98, instalado na Academia Viva Água, no Renascença II, de propriedade de seus pais, Denise Araújo e Osvaldo Telles.

Vitor costuma dizer que nasceu nadando. É que aos 28 dias de nascido, já estava batendo pernas na piscina onde a mãe ministrava aulas de natação. Foi esse esporte, inclusive, que o estruturou corporal, fisiológica e psicologicamente, contribuindo para lhe garantir uma excelente qualidade de vida. Dos 3 aos 14 anos dava braçadas diariamente, levando muito a sério como se fosse uma disciplina da escola. Foi, também, como uma escola de boas maneiras, ensinando valores como respeito ao próximo.

Em forma e esbanjando um corpo escultural, ele raramente fica doente e está sempre disposto. “Fala rápido e pensa idem, como se estivesse o tempo inteiro ligado em uma tomada”, diria a mãe, Denise Araújo, de quem herdou a firmeza para começar um projeto e seguir em frente, mas em um “time” mais acelerado, “fruto da modernidade”, como também diria Denise, do alto de sua competência profissional.

Dedicado e engajado, Vitor descarrega suas energias incentivando seus alunos no CF98. Como cresceu em um ambiente de exercícios, vendo a mãe, o pai e o avô (Professor Dimas) dando os comandos para turmas infindáveis de alunos, ele trabalha, se exercita e se diverte ao mesmo tempo. É um jovem inquieto com sede de realizações.

“Eu acordo cedo e não paro mais. Não tenho tempo para pensar em bobagens porque o trabalho e o compromisso me chamam o tempo inteiro. O esporte me deu tudo de bom e, por isso, não me separo dele. Aonde vou levo a filosofia do movimento, da disciplina e da saúde”, frisa.

Medalhas

Sua trajetória na natação é permeada por medalhas e troféus, conquistados nas competições das quais participou, inclusive na área de crossfit, tendo se sobressaído como atleta da modalidade, durante cinco anos, arrebatando classificações em campeonatos e representando o Maranhão nacionalmente.

Atualmente, ele treina duas vezes por dia e pratica futevôlei, sua nova paixão, depois da modelo fitness e profissional de Educação Física Viviane Neves, com quem está há cinco anos. O casal combina em tudo e convergem para a mesma direção quando se trata de disciplina e resultados. A sintonia é tão grande que os dois trabalham juntos.

A bagagem de conhecimento de Vitor Telles é uma herança de sua família e de seu esforço próprio. E tudo o que aprendeu é compartilhado com os alunos e, também, com o filho, Nathan, de 8 anos, que pratica judô. Ensinamentos como manter o equilíbrio, saber ganhar e perder e controlar a ansiedade estão sempre em sua cartilha.

“Lembro que no meu tempo de criança, quando fazia algo de errado, o castigo nunca incluía ficar sem treinar, uma vez que meus pais tinham a consciência de que, fazendo assim, estariam me prejudicando. E fui crescendo dando valor máximo à atividade física”, diz ele, que morou por 7 anos no Rio de Janeiro, onde se formou na PUC, tendo trabalhado, também, em multinacionais e no setor de Marketing de uma empresa da área de cosméticos.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte