Política | Pandemia

Ministério Público investiga "fura fila da vacina" de prefeita do PCdoB

Prefeita e secretaria de saúde de Araioses são suspeitas de burlar normas da vacinação em benefício próprio
José Linhares Jr / da editoria de Política21/02/2021 às 11h21
Ministério Público investiga "fura fila da vacina" de prefeita do PCdoBLuciana Trinta é suspeita de burlar a fila (Reprodução)

ARAIOSES - O Ministério Público suspeita que a prefeita de Araioses, Luciana Trinta, e a secretária de Saúde do município, Aila Maria dos Santos Freitas, tenham tomado indevidamente a vacina contra a Covid-19.

As investigações foram desencadeadas após denúncia enviada à 1ª Promotoria de Justiça de Araioses. Elas estão a cargo do promotor de Justiça John Derrick Barbosa Brauna. A denúncia afirma que tanto Aila quanti Luciana foram vacinadas contra a Covid sem se enquadrarem nos requisitos a que se submetem os demais cidadãos.

As duas foram notificadas, bem como a Secretaria Municipal de Saúde, foram notificadas e terão 10 dias para apresentar defesa. Já a secretaria deve enviar lista completa dos vacinados e a cópia do Plano Municipal de Imunização.

A quebra de ordem de vacinação tanto pode configurar ilícito administrativo como penal.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte