Eleições 2022

Secretário defende união e consenso na definição dos candidatos do grupo do governo para 2022

Segundo Rodrigo Lago, é preciso definir quais os membros de uma chapa para governador

Thiago Bastos / Da Editoria de Política

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h16
Secretário Rodrigo Lago opinou sobre eleições
Secretário Rodrigo Lago opinou sobre eleições (Rodrigo Lago)

SÃO LUÍS - Em entrevista ao quadro "Bastidores", da TV Mirante, o secretário de Agricultura Familiar, Rodrigo Lago, disse ao jornalista Clóvis Cabalau que é necessário consenso entre o grupo político do governador Flávio Dino (PCdoB) visando as eleições do ano que vem.

Segundo Rodrigo Lago, é preciso definir quais os membros de uma chapa para governador, vice e para as disputas do Senado. "Apesar de dizerem que estamos desunidos, na verdade estamos unidos em prol do projeto a favor da nossa sucessão, para a continuidade das políticas públicas do nosso Estado", disse.

Ele também colocou o seu nome como candidato no ano que vem. "Após experiência adquirida em diversas funções no governo, sinto-me preparado para colocar o meu nome à disposição do povo em uma possível candidatura", disse o secretário, sem apontar para qual cargo deve sair.

No governo, neste momento, duas correntes disputam espaços e apoios da base governista: uma encabeçada pelo vice-governador Carlos Brandão e outra pelo senador Weverton Rocha (PDT).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.