Política | Corrupção

Petista acusado de movimentar R$ 49 milhões em ''rachadinhas'' é inocentado

André Ceciliano encabeça lista de movimentações suspeitas divulgada em 2018 pelo Coaf que envolve o então deputado Flávio Bolsonaro
José Linhares Jr / Da Editoria de Política15/02/2021 às 09h01
Petista acusado de movimentar R$ 49 milhões em ''rachadinhas'' é inocentadoMinistério Público descartou rachadinha em movimentações R$ 49 milhões em contas de ex-funcionários de André Ceciliano (Reprodução)

RIO DE JANEIRO - O deputado estadual André Ceciliano (PT-RJ), que também preside a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, foi inocentado da acusação de promover ‘rachadinha’ em seu gabinete. O caso de Ceciliano faz parte da lista divulgada pelo Conselho de Conrole de Atividades Financeiras (Coaf) que envolveu o também deputado estadual, na época, Flávio Bolsonaro. Ceciliano encabeça a lista co movimentações suspeitas que beiravam os R$ 49 milhões. Já Flávio, é investigado até hoje pelo suposto desvio de R$ 1,3 milhões.

O caso ganhou repercussão nacional quando o Coaf, ainda em 2018, divulgou lista com nomes de parlamentares que teriam supostamente desviado dinheiro público. Foram identificadas movimentações suspeitas nas contas de 75 servidores e ex-servidores e de 22 deputados estaduais filiados a 14 partidos diferentes — entre eles PT, PSL e PSOL.

O total das movimentações ultrapassou R$ 20 milhões.

O Tribunal de Justiça do Rio não encontrou indícios de envolvimento de Ceciliano com a movimentação suspeita de R$ 49 milhões por parte de ex-funcionários de seu gabinete.

A inocência de Ceciliano foi defendida pelo Ministério Público após constatar, após quebra de sigilo bancário e fiscal, que não houve existência de ‘rachadinha’. Segundo o MP, a movimentação diz respeito a quitação de uma dívida de um empresário lotado no gabinete de Ceciliano.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte