A gente conta... | Raphael Teixeira Gomes, o "Garçom da Água"

Lição de força de vontade na pandemia

Ele vende água em semáforos vestido de garçom e diz que quer vencer na vida com dignidade para realizar seus sonhos, que inclui a compra da casa própria
Evandro Junior/ O Estado16/01/2021

São Luís - Ele tem 25 anos, mora com a noiva e três filhos, frutos de um antigo relacionamento dela e que educa como se fossem do mesmo sangue. Raphael Teixeira Gomes, o “Garçom da Água”, orgulha-se de ser microempreendedor e, diariamente, dar uma lição de persistência, força de vontade e disposição em meio à pandemia do novo coronavírus. Quem passa pela Avenida dos Africanos, próximo à Alvorada Motos, testemunha o trabalho dele, que comercializa água vestido de garçom e usando máscara. Antes, vendia em frente à Fundação Bradesco e, agora, permanece em um sinal antes da entrada para o bairro Coroado, próximo à antiga barreira eletrônica.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte