O País | Eleições 2020

Ministério da Justiça: país registra 1.637 ocorrências de crimes eleitorais

Deste total, 783 se referem à boca de urna e 332, à compra de votos, segundo o entro Integrado de Comando e Controle Nacional
Estadão Conteúdo15/11/2020 às 17h54
Ministério da Justiça: país registra 1.637 ocorrências de crimes eleitoraisaterial de campanha próximo a local de votação (Paulo Pinto/ Fotos Publicas)

SÃO PAULO - O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que o País registra até agora 1.637 ocorrências de crimes eleitorais neste domingo do primeiro turno das eleições municipais. Deste total, 783 se referem à boca de urna e 332, à compra de votos.

Os dados constam de boletim divulgado às 17h pela Operação Eleições 2020, coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), vinculado à pasta da Justiça.

Dentre os crimes eleitorais, também foram registradas ocorrências por fake news (34), transporte de eleitores (92) e dano à urna de votação (1), entre outros.

O boletim aponta ainda 38 crimes contra candidatos, dos quais 123 por ameaça, dez por homicídios tentados, oito por homicídio contra candidato e seis casos de lesão corporal.

No total geral, incluindo crimes eleitores e demais tipos de crimes, foram registradas no País 2.171 ocorrências até a divulgação do boletim das 17h.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte