Política | Eleições 2020

Em Buritirana, Tony Brandão lidera segundo a pesquisa Escutec

Candidato tem 61% das intenções de votos e, se as eleições fossem hoje, seria eleito prefeito do município; pesquisa ouviu 400 eleitores e tem margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos
10/11/2020
Em Buritirana, Tony Brandão lidera segundo a pesquisa EscutecTony Brandão aparece na frente na pesquisa Escutec (Divulgação)

Em Buritirana, disputa eleitoral está sendo liderada pelo candidato Tony Brandão. Segundo dados da pesquisa do Instituto Escutec, Brandão tem 61% das intenções de votos. O levantamento, que tem registro na Justiça Eleitoral com o número MA 07563/2020, foi feito nos dias 1 e 2 de novembro e entrevistou 400 eleitores da cidade. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 90%.
Nos dois cenários pesquisados – espontâneo e estimulado – Tony Brandão aparece na liderança. Na pesquisa espontânea (quando não são apresentados os nomes de candidatos aos eleitores), Brandão foi citado por 58% dos entrevistados. Ele é seguido por Neto do Supermercado que aparece com 28% das intenções de votos e Professora Silvanete que obteve 1%. (Veja o gráfico)
Já no cenário estimulado, a vantagem de Tony Brandão aumenta em relação aos seus adversários. Ele alcança 61% das intenções de votos contra 30% de Neto do Supermercado e 2% da Professora Silvanete.
Rejeição
Quanto ao quadro de rejeição, lidera Neto do supermercado com 53% da opinião dos eleitores que afirmaram não votar nele de jeito algum. Tony Brandão tem 26% de rejeição e Professora Silvanete, 3%. Nenhum dos candidatos somou 8% e não sabe ou não respondeu, 10%.

Mais

Aprovação

O atual prefeito de Buritirana, Vagtonio Brandão, teve sua gestão avaliada na pesquisa do Instituto Escutec. Disseram aprovar a administração municipal 76% dos eleitores. Outros 18% afirmaram desaprovar a gestão e não sabe ou não respondeu somaram 6%.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte