A gente conta... | Paula Viana Goulart , diretora geral do Cemitério Jardim da Paz

Trabalho e amor para diminuir a saudade

Ela coordena uma equipe formada por 150 colaboradores, todos engajados na missão de acolher as famílias em um momento de dor
03/10/2020

SÃO LUÍS - Há dez anos à frente da Diretoria Geral do Cemitério Jardim da Paz, a advogada Paula Viana Goulart, que foi assessora jurídica da Promotoria de Defesa do Consumidor, também por uma década, conta que o período de pandemia em decorrência do novo coronavírus resultou em trabalho redobrado para a empresa.
“Nós sentimos um aumento a partir do mês de março. No entanto, o pico foi durante o mês de abril. Naquele mês, nossos atendimentos aumentaram em cinco vezes. Tanto que fomos obrigados a contratar mais gente de última hora”, revela.
Ela diz que a maior dificuldade encontrada foi, sem dúvida alguma, o medo do contágio pela doença. “Nós ficamos com muito receio de nossos funcionários contraírem a doença, pelo fato de que faltava equipamentos de proteção individual no mercado local e passamos a ter escassez para a reposição do nosso estoque”, detalha.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte