Geral | Alerta

São João: venda de fogos reduz na pandemia, mas requer cuidados

Em 2019, foram registradas 34 ocorrências com artigos pirotécnicos em São Luís, segundo a Semus; este ano; já houve 5 casos na capital, mesmo com as vendas em baixa e a ausência de arraiais juninos
Bárbara Lauria / Equipe O Estado 17/06/2020

SÃO LUÍS - Devido à pandemia e à proibição da realização de arraiais, a fim de conter aglomerações e o consequente aumento da contaminação pelo novo coronavírus, as festas juninas no Maranhão estão sendo comemoradas em casa, por meio de transmissões ao vivo. Com a ausência dos eventos públicos, a venda de fogos de artifício, que enfeitam o céu no mês de junho todos os anos, está em baixa em relação a anos anteriores, mas, ainda assim, requer cuidados redobrados para evitar acidentes.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte