Educação

Semana pedagógica virtual para preparar a volta às aulas

Colégio Dom Bosco adota plataformas tecnológicas associada à mentoria e suporte aos alunos; evento teve como objetivo central a formação e desenvolvimento de todos nas novas ferramentas

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h20

[e-s001]São Luís - O futuro ainda parece incerto em meio ao cenário local de agravamento da pandemia do Covid-19 no Maranhão, mas uma coisa todos os educadores são unânimes em afirmar: a educação não pode parar. E é por meio dela é que as pessoas poderão fazer a diferença no mundo.

Com a tecnologia como aliada, o Colégio Dom Bosco acaba de retomar as aulas online após um mês de férias antecipadas. Agora, os alunos de todas as séries recomeçaram os estudos, e já bem melhor adaptados a essa nova rotina de isolamento social e aulas remotas imposta pela pandemia.

A diretora pedagógica do Dom Bosco, Raíssa Murad, enfatiza que o desenvolvimento de crianças e jovens é contínuo, e todos podem aprender grandes lições, mesmo em uma situação tão adversa como essa.

“Cientificamente, sabemos que o cérebro das crianças é mais ‘plástico’, ou seja, todos os estímulos que dermos a elas nessa fase serão aprendidos de forma mais profunda e perene. Não temos a opção de ‘dar pausa’ ao processo educacional. Por isso, nós, educadores, não podemos parar. Nesse momento as práticas pedagógicas não acontecem da mesma forma de antes. O que não quer dizer que seja melhor ou pior, apenas que têm que acontecer de forma diferente. É nas grandes dificuldades que surgem as grandes ideias e soluções. E no Dom Bosco nós já estávamos caminhando no sentido de ressignificar o papel da escola bem antes dessa pandemia. Prestes a fazer 60 anos, fizemos uma reflexão sobre qual o nosso papel como instituição de ensino hoje”, disse ela.

“Nós havíamos percebido a necessidade de desenvolver em nossos alunos não apenas competências cognitivas, como também competências socioemocionais - que nesse momento estão sendo fundamentais: visão holística e sistêmica; cooperação e trabalho em times; criatividade e inovação; foco no resultado; adaptabilidade e resiliência; bem-estar físico e mental; sustentabilidade, responsabilidade e empatia. As metodologias ativas que adotamos [como sala de aula invertida e aprendizagem em pares] são importantes para a atual realidade educacional, pois colocam o aluno como agente ativo no processo de ensino-aprendizagem, potencializando sua autonomia. Essa ‘nova escola’ na verdade já havia sido adotada no Dom Bosco bem antes da crise, e agora tudo isso faz ainda mais sentido”, completa Raíssa Murad.

[e-s001]Semana pedagógica
Antes de retomar as aulas todo o corpo docente, mentoras, assistentes e equipe de gestão da escola participaram da tradicional “Semana Pedagógica DB”, evento que acontece anualmente, e que este ano foi virtual mas igualmente relevante. Além de dar as boas-vindas aos professores e à equipe pedagógica, o encontro teve como objetivo central a formação e desenvolvimento de todos nas novas ferramentas e plataformas para ensino remoto, além de dar um suporte no que tange à saúde mental da equipe.

“A programação contou com a participação de Lourdes Atié, renomada socióloga e educadora, que falou sobre a importância da escola e do professor nesse momento de pandemia e no pós pandemia, além de temas como saúde mental da equipe e integração da escola, família e aluno no processo de ensino remoto. Após a conversa com os professores, os mesmos foram divididos por segmento e tiveram treinamentos sobre a plataforma Zoom e suas funcionalidades. No dia seguinte a equipe, também dividida em grupos, focou no planejamento e adequação dos planos de aula para o novo modelo educacional”, explicou Igor Melo, gestor educacional do Dom Bosco.

Outro aspecto que tem feito a diferença e ajudado alunos e seus familiares a se adaptarem melhor é o amplo suporte dado pela escola por meio do seu programa de mentoria.

[e-s001]“Para acompanhar as possibilidades, assim como os desafios, de nossos estudantes nesse momento de adaptação ao e-learning, nosso Programa de Mentoria está muito ativo, com ações destinadas a todos os alunos da escola, e extensivo às famílias. Nossa equipe mantém contato frequente, para apoiar alunos e familiares, em todas as suas demandas e principalmente, no auxílio da estruturação dessa nova rotina. Os encontros de Mentoria online acontecem de forma individualizada e já demonstram grandes resultados práticos”, disse Igor Melo.

Para a direção do Colégio Dom Bosco, a parceria entre família e escola, que sempre foi muito valorizada, agora é ainda mais relevante. “O diálogo com alunos e famílias é primordial. Estamos aprimorando constantemente as atividades, métodos e recursos didáticos, assim, esse feedback constante de alunos e famílias é fundamental para o sucesso do ensino remoto e para consolidarmos a proposta de uma educação de qualidade que prepare nosso alunos para esse novo tempo de desafios e oportunidades exponenciais”, ressaltou Igor Melo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.