Geral | Liberdade Religiosa

Religiões de matriz africana e DPE debatem direitos

O encontro teve intuito de discutir sobre direitos e proteção aos povos de terreiros
Bárbara Lauria / O Estado07/02/2020

SÃO LUÍS - No intuito de defender e proteger os direitos sociais dos praticantes de religiões de matriz africana, ocorreu ontem, 6, um encontro entre os povos de terreiros do Maranhão e a Defensoria Pública do Estado (DPE) para discutir minuta do Protocolo Interinstitucional de Proteção dos Direitos dos Membros de Religiões de Matriz Africana e Afro-Brasileira.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte