Polícia | Facção

Polícia prende faccionados na região do São Raimundo

Três integrantes de uma facção criminosa, acusados de crimes de tortura, assassinatos e ocultação de cadáver, foram apresentados na delegacia e autuados em flagrante
Ismael Araújo19/07/2019
Polícia prende faccionados na região do São RaimundoWenderson, Luiz Henrique e Nathanael foram presos no São Raimundo (Divulgação)

SÃO LUÍS - Faccionados acusados de cometerem crimes de tortura, assassinatos e de exibirem atos bárbaros na internet, foram presos ontem durante diligências da Polícia Civil na área do São Raimundo. Há possibilidade de haver um cemitério clandestino nessa localidade. A polícia está investigando.

Os presos foram identificados como Wenderson Escócio Feitosa, Luiz Henrique Lima Fernandes e Nathanael Felipe da Silva e Silva, o Satan. A polícia informou que eles foram presos em cumprimento de uma ordem judicial expedida pela Central de Inquéritos de São Luís após investigação realizada pelo 15º Distrito Policial, no São Raimundo.

Durante a investigação ficou constatado que os acuados fazem parte de uma facção que tem como ponto base o estado carioca. Inclusive, eles teriam torturado um morador do São Raimundo e exibindo essa ação criminosa na rede social.

As suas principais vítimas são os faccionados rivais e moradores na região que não apoiam as ações cometidas pelos criminosos. Esses criminosos são acusados, também, de uma série de homicídios na área e ocultação de cadáver.

Também foi preso por decisão da Justiça, Luciano Bruno dos Santos Barbosa Boges, de 22 anos, acusado de roubo de veículo. Este crime ocorreu no dia 5 de janeiro deste ano, no bairro do Turu.

Mais prisões

Também, ontem, foram presos os faccionados Gustavo Vinícius Alves das Chagas, o Pacú, de 23 anos, e Alaílson de Sousa Silva, o Maguim do Celeiro, de 25 anos, no Parque São Francisco, na cidade de Timon.

Na residência de Gustavo Alves, a polícia apreendeu um rifle calibre 22, 12 munições de 22; um revólver calibre 32 municiado e um silenciador; na casa do outro detido, foram apreendidos um revólver calibre 32 e 55 munições de calibres diversos. Segundo a polícia, os detidos também vão responder pelos crimes de tráfico de droga e homicídio pela comarca de Teresina, no Piauí.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte