Política | Reforma da previdência

Comissão Especial da Câmara deve votar relatório da Previdência nesta quinta

Os trabalhos serão retomados nesta manhã e a votação do texto terá início às 9h.
Estadão Conteúdo04/07/2019 às 08h42
Comissão Especial da Câmara deve votar relatório da Previdência nesta quintaO presidente da comissão, Marcelo Ramos (PL-AM), abriu o procedimento de votação antes de encerrar a sessão ainda na madrugada. (Divulgação)

BRASÍLIA - A comissão especial que analisa a reforma da Previdência encerrou na madrugada desta quinta-feira (4), a sessão em que foi lida a nova complementação de voto do relator Samuel Moreira (PSDB-SP). Os trabalhos serão retomados nesta manhã e a votação do texto terá início às 9h. O presidente da comissão, Marcelo Ramos (PL-AM), abriu o procedimento de votação antes de encerrar a sessão ainda na madrugada. Isso deve impedir que novas alterações sejam feitas no texto.

Ramos deu ainda um prazo até as 10h desta quinta-feira para que partidos apresentem destaques. Até o momento, foram 138 destaques e 14 foram retirados. Destes, 25 são de bancadas e 99 individuais. Ramos afirmou que já há também um requerimento para a inadmissibilidade em globo dos destaques individuais.

A reunião deveria ter começado às 13h da quarta-feira (3), mas seu início foi adiado porque o relator estava fazendo alterações no texto. Deputados e governo tentaram costurar acordos para a votação, que acabaram não vingando. A sessão teve início às 19h50 e durou quase seis horas.

Foram votados cinco requerimentos que pediam o adiamento da discussão. Todos foram derrubados. Antes de encerrar a sessão, o relator ainda citou alguns novos ajustes de redação em seu voto complementar que não alteraram significativamente o teor da proposta.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte