O Mundo | Protesto

Líder do Haiti descarta renúncia e pede diálogo após protestos violentos

Protestos já deixaram vários mortos e muitos outros feridos; manifestante pedem a saída de Jovenel Moise do governo
Reuters16/02/2019

PORTO PRÍNCIPE - O presidente do Haiti, Jovenel Moise, adotou um tom combativo na quinta-feira, 14, em seu primeiro pronunciamento desde que protestos violentos aconteceram na capital, rejeitando pedidos de renúncia, mas pedindo diálogo para tratar da inflação em disparada e de uma suposta malversação de fundos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte