Multas

Infrações de trânsito tiveram aumento superior a 50% em 2018

Dados, relacionados a São Luís, foram comparados com o ano de 2017; transitar em velocidade acima da máxima permitida ainda é uma das autuações recorrentes

Igor Linhares / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h26
Número de infrações aumentou mais do que o dobro em um ano
Número de infrações aumentou mais do que o dobro em um ano (velocidade)

O número de infrações de trânsito registrado em São Luís aumentou 55,85% em 2018, no comparativo com o ano anterior. Segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), a violação mais cometida por condutores nas ruas e avenidas da capital maranhense continua sendo o excesso de velocidade. Entretanto, o aumento expressivo no número de autuações coincide com a reativação do sistema de fiscalização eletrônica de trânsito, a partir do fim de 2017. No total, 2018 teve 293.637 infrações por desrespeito às regras de trânsito da cidade e no ano anterior foram 188.404, um aumento de 55,85%.

Do total de infrações registradas no ano passado, destacam-se: 188.920 infrações por transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, quando em 2017 foram apenas 88.021 infrações desta natureza durante todo o ano. Em 2018, foram 28.795 infrações por transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50% e 16.675 por transitar na faixa/pista da direita regularizada para circulação exclusiva de determinados veículos. Em 2017, foram registrados 17.749 e 3.557 ocorrências, respectivamente.

Além destas, outra regra, que pode salvar vidas em caso de acidentes, também tem sido esquecida pelos condutores, que é usar o cinto de segurança. Desta infração, foi registrado um total de 6.822. Em 2017, foram registradas 4.322 infrações desta natureza.

Não bastasse a distração do condutor em não utilizar o cinto de segurança durante o trânsito, o passageiro também acaba repetindo o mesmo hábito. No ano passado, 5.637 passageiros deixaram de usar o cinto, e no ano anterior foram apenas 234. Ambas infrações, tanto a de inutilização do cinto por parte do condutor, quanto do passageiro, são infrações consideradas graves e preveem, como penalidade, multa, cabendo, ainda, medida administrativa de retenção do veículo até a colocação do cinto pelo infrator, como pressupõe o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Procurado por O Estado o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) informou, em nota que, por meio da Coordenação de Educação para o Trânsito, realiza várias atividades com o objetivo de conscientizar a população com foco na redução de acidentes e valorização da vida de motoristas, passageiros e pedestres.

O Detran-MA comunicou, ainda, que ao longo do ano, trabalha intensivamente através dos projetos: "Direção Certa, Mais que um Papo de Bar", "Detran Volante", "Detran Vai à Escola", "Condutores do Amanhã", "Conhecendo o Detran", "Férias em Trânsito", "Projeto Humanizar". Além de campanhas alertando para o uso do aparelho celular ao volante, que são frequentemente reforçadas nas blitzen educativas realizadas nas ruas e avenidas, bares e restaurantes, ações em faixas de pedestres, palestras em escolas, empresas públicas e privadas, shoppings e Terminais de Integração.

O Estado manteve contato com a Prefeitura de São Luís para saber as medidas que estão sendo tomadas para que as estatísticas deste ano sejam inferiores às registradas no ano passado, mas até o fechamento desta edição, não obteve retorno.

Infrações mais cometidas em 2018
188.920 - Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%
28.795 - Transitar em velocidade superior a máxima permitida em mais de 20% até 50%
16.675 - Transitar na faixa/pista da direita regularizada circulação exclusiva determinado veículo
6.822 - Deixar o condutor de usar o cinto de segurança
6.265 - Não registrar veículo em 30 dias quando for transferida a propriedade
5.637 - Deixar o passageiro de usar o cinto segurança
4.018 - Estacionar em local/horário proibido especificamente pela sinalização
3.704 - Transitar em velocidade superior a máxima permitida em mais de 50%
2.370 - Avançar o sinal vermelho do semáforo - fiscalização eletrônica
2.303 - Dirigir veículo utilizando-se de telefone celular.

Números

293.637 infrações por desrespeito às regras de trânsito em 2018
188.404 infrações por desrespeito às regras de trânsito em 2017
​55,85% de aumento no número de infrações, de 2017 para 2018

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.