Barbárie

Jovem é apedrejado e morto por adolescentes na cidade de Grajaú

Crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira durante uma “resenha” que era realizada em uma residência na Vila São Roque, naquela cidade

Ismael Araújo

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h26
Marcos Leite que foi morto quando participava de uma resenha
Marcos Leite que foi morto quando participava de uma resenha (Jovem)

O filho do pastor evangélico Luís Santana, identificado como Marcos Leite, idade não revelada, foi assassinado por apedrejamento na Vila São Roque, em Grajaú, na madrugada de segunda-feira, 11. Segundo a polícia, o crime teria sido praticado dois adolescentes, o fim da tarde de ontem não haviam sido apreendidos, inclusive, um deles é suspeito de ter cometido quatro assassinatos na cidade.

O corpo da vítima foi encontrado em via pública, com o rosto desfigurado e um corte profundo na cabeça, além de fratura na mandíbula. No local era possível encontrar massa cefálica e sangue espalhado. Também havia uma pedra de gesso suja de sangue, provavelmente da vítima.

O guarda municipal Torquato, de Balsas, declarou que a vítima estava participando de uma “resenha” em uma residência, na Vila São Roque, em companhia de alguns amigos. Em um determinado momento, os dois suspeitos desse crime brigaram com outro adolescente, que estava participando da festa. Durante a briga, eles desferiram pauladas na cabeça e no corpo do adolescente.

Após essa ação criminosa, os acusados deixaram o local, mas retornaram ao evento após algumas horas e chamaram Marcos Leite, que foi encontrado mais tarde morto. “A vítima não tinham passagem pela polícia, mas os suspeitos são conhecidos da polícia e já teriam, inclusive, praticados outros assassinatos com requintes de crueldades na cidade”, explicou Torquato.

O guarda municipal informou, ainda, que a polícia fez diligências na cidade, mas os dois adolescentes conseguiram fugir se embrenhando pelo matagal, no bairro Frei Alberto Beretta. Os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda foram local, mas constaram a morte de Marcos Leite.

O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz para a autópsia e em seguida liberado para os familiares. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Grajaú, sob a coordenação do delegado Charles Silva.

Tentativa de homicídio

Ainda ontem, policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas (DHPP) estava investigando a tentativa de homicídio ocorrida na madrugada. A vítima foi o vigilante Júnior Cardoso.

A polícia informou que a vítima estava trabalhando há duas semanas no loteamento Verona, localizado na Avenida Pedro Neiva de Santana, em Imperatriz, mas não portava arma de fogo. Na madrugada desta segunda-feira, ele foi abordado por um homem não identificado que estava em um veículo.

O vigilante foi alvejado com vários tiros e ainda foi levado por populares para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) onde passou por tratamento cirúrgico e o seu estado é grave. Até o início da noite de ontem o autor da tentativa de homicídio não havia sido identificado pela polícia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.