Política | Pagamento

Médicos e SES chegam a acordo para pagamento de salários em atraso

Após audiência entre os representantes da classe médica e do governo do Estado, liminar do juiz Douglas Martins, que proibiu paralisação dos médicos no Maranhão, foi suspensa e calendário para pagamento foi firmado
Carla Lima/Editora de Política03/12/2018 às 11h36
Médicos e SES chegam a acordo para pagamento de salários em atrasoAcordo foi firmado entre os médicos e o governo Dino (Médicos x Lula)

A liminar concedida pelo juiz Douglas Martins, que proibia que os médicos paralisassem os serviços nas unidades de Saúde do estado, foi suspensa após acordo entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e os representantes da classe médica.

Foi estabelecido um calendário para que os salários atrasados sejam pagos. O pagamento do salário de setembro foi feito na última sexta-feira, 30. O de outubro deve ser pago até a próxima sexta, 7 e o de novembro até dia 30 de dezembro.

Este é o segundo acordo feito entre o governo e os médicos. O primeiro foi feito pelo secretário de Saúde, Carlos Lula, que garantiu que pagaria os vencimentos em atraso, mas a SES acabou não cumprindo o calendário.

Com isto, os médicos se manifestaram a favor da paralisação da prestação dos serviços.

Para evitar esta greve, o juiz Douglas Martins, após ser provocado pela Procuradoria do Estado, concedeu liminar proibindo a greve e convocou para esta segunda-feira, 3, uma audiência.

Além do calendário, foi formado um grupo de racionalizar o serviço de saúde no estado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.