Política | História

Jair Bolsonaro é eleito o 42º presidente do Brasil

Candidato do PSL supera PT e dá fim a hegemonia de a 22 anos de governos de esquerda no Brasil
José Linhares Jr28/10/2018 às 19h30
Jair Bolsonaro é eleito o 42º presidente do BrasilJair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil neste domingo (28) (Bolsonaro)

BRASIL - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) entrou para a história como o quarto presidente do Brasil eleito pelo povo após a redemocratização. Com mais de 55 milhões de votos alcançados às 19h21 do dia 28 de outubro, Bolsonaro deve assumir a presidência do país em janeiro de 2019.

Jair Messias Bolsonaro nasceu em 21 de março de 1955 é deputado federal. Bolsonaro é deputado desde 1991 e ocupa seu sétimo mandato.

Bolsonaro é formado na Academia Militar das Agulhas Negras e serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército Brasileiro.

ANTI-ESQUERDA

Sempre se opondo a PT, PCdoB, PSOL e PSDB, Jair Bolsonaro ganhou notoriedade nos últimos anos ao ser o primeiro político da Câmara Federal a se posicionar contra a esquerda.

Conservador, Bolsonaro também se posicionou várias vezes contra pautas que, segundo ele, atacavam a família tradicional e a moralidade cristã. Em seus mandatos ele atacou fervorosamente a ideologia de gênero, o aborto e a manutenção da maioridade penal aos 18 anos.

Durante a campanha Bolsonaro manteve o tom de suas críticas à esquerda, posição que foi criticada e, em muitas vezes, caracterizada como discurso de ódio.

CAMPANHA HISTÓRICA

Integrante de um partido nanico nas eleições de 2018, Jair Bolsonaro rompeu uma série de paradigmas políticos e eleitorais. O candidato quase não contou com tempo de televisão, além disso não teve fundo partidário.

Na prestação de contas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Jair Bolsonaro declarou ter recebido R$2.547.640,20. Até este domingo os custos da campanha eram de exatos R$1.721.537,42.

Fernando Haddad, candidato derrotado do PT, afirmou ter gasto até o dia da eleição no site do TSE cerca de R$ 34.000.000,00.

NOVO GOVERNO

Logo após ser comunicado de ser eleito, Bolsonaro reiterou suas propostas para o Brasil. Em entrevista coletiva foram reafirmados os compromissos com diminuição de impostos, enxugamento da máquina pública e defesa do livre mercado.

Jair Bolsonaro também firmou compromisso de negação das práticas fisiologistas na formulação de seu governo. Ele garantiu que seu ministério será escolhido tendo como fundamento apenas a competência para a ocupação do cargo.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte