O Mundo | Sob suspeita

ONU vai investigar a morte de opositor venezuelano

Em apuração por parte do Ministério Público da Venezuela, órgão afirma que Fernando Àlban se suicidou; partido discorda
10/10/2018

CARACAS - O Alto Comissariado para Refugiados (Acnur) da ONU declarou, em entrevista coletiva ontem, que investigará a morte do opositor venezuelano Fernando Àlban. A porta-voz do Acnur, Ravina Shamdasani, explicou que a morte do vereador será um dos assuntos da investigação sobre a violação de direitos humanos da organização.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte