O Mundo | Violência

ONU acusa Ucrânia e rebeldes pró-russos de tortura

Separatistas são acusados de violar direitos de 2,7 milhões de pessoas; relatório coloca em evidência casos de violência sexual
04/06/2016

Nova York - As Nações Unidas acusaram as autoridades ucranianas e os rebeldes pró-russos de torturar seus prisioneiros no leste separatista do país, que sofre um conflito armado há mais de dois anos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte