Incêndio

Mulher é presa suspeita de atear fogo na casa do próprio companheiro em Vargem Grande

Segundo a investigação da Polícia Civil, o motivo do crime seria o ciúme possessivo e exagerado que a mulher possui pela vítima.

Imirante.com

Interior do imóvel ficou bastante danificado após o incêndio.
Interior do imóvel ficou bastante danificado após o incêndio. (Divulgação / Polícia Civil do Maranhão)

VARGEM GRANDE – Uma mulher suspeita de ter ateado fogo na casa do próprio companheiro foi presa em flagrante, nessa quinta-feira (5), em Vargem Grande, cidade distante 175 km de São Luís. Durante o incêndio vários objetos foram queimados, como televisão, fiação elétrica, cadeiras, colchão, cama e roupas.

Leia também:

Estudante de 10 anos ateia fogo em professora dentro de escola em Barra do Corda

Casa pega fogo em Imperatriz enquanto mãe e filhas dormiam

Preso suspeito de tentar atear fogo na residência da ex-companheira

Segundo a investigação da Polícia Civil, o motivo do crime seria o ciúme possessivo e exagerado que a mulher possui pela vítima.

A mulher, que é natural do Estado do Pará, foi autuada pelo crime de Incêndio Doloso. Posteriormente, após os procedimentos legais na Delegacia de Vargem Grande, ela foi encaminhada para a penitenciária de Itapecuru-Mirim, a 118 km da capital maranhense.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.