Falsidade ideológica

Falso médico é preso durante atendimento em posto de saúde no Maranhão

A operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia Civil da cidade de Santa Helena.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h05
suspeito foi encaminhado para a Unidade Prisional de Pinheiro onde permanecerá à disposição da Justiça.
suspeito foi encaminhado para a Unidade Prisional de Pinheiro onde permanecerá à disposição da Justiça. ( Foto: Reprodução)

TURILÂNDIA – A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu, na manhã dessa quinta-feira (18), um homem suspeito de exercer ilegalmente a medicina e falsidade ideológica. O falso médico foi preso na cidade de Turilândia, distante 156 km de São Luís. A operação que prendeu o homem foi coordenada pela Delegacia de Polícia Civil da cidade de Santa Helena.

Após denúncias anônimas, a equipe policial da delegacia realizou levantamentos investigativos e constatou que havia uma pessoa se utilizando do nome e do registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) de um médico para trabalhar no Programa Saúde da Família no Povoado Outeiro, em Turilândia.

Na quarta-feira, o suspeito foi surpreendido pela equipe policial realizando atendimento médico a diversos pacientes no posto de saúde. No local, foram aprendidas várias fichas de atendimento médicos, receituários médicos, carimbo e jaleco utilizados pelo falsário.

Segundo a Polícia Civil, em razão dos fatos, foi dado voz de prisão ao autor, que conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena, onde foi autuado em flagrante delito pelos crimes de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica.

Após as providências legais cabíveis, o suspeito foi encaminhado para a Unidade Prisional de Pinheiro onde permanecerá à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.