Exercício ilegal

Falso médico é preso realizando atendimento em hospital de Maranhãozinho

A prisão nessa quinta (23) foi decorrente de investigação, após algumas situações de diagnóstico equivocado.

Imirante, com informações da Polícia Civil do MA

Preso atuava utilizando os dados e número do Conselho Regional de Medicina de outro profissional.
Preso atuava utilizando os dados e número do Conselho Regional de Medicina de outro profissional. (Foto: Reprodução)

MARANHÃOZINHO - Um homem, de 26 anos, foi preso, em flagrante, nessa quinta-feira (23), suspeito do crime de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica. A prisão foi realizada por investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Governador Nunes Freire no momento em que o investigado atendia pacientes no Hospital Municipal do Maranhãozinho.

A prisão foi decorrente de investigação, após informações sobre algumas situações de diagnóstico equivocado apresentado pelo falso médico, que atuava nos hospitais municipais de Maranhãozinho e Maracaçumé, fato que despertou a desconfiança de alguns pacientes.

Foi também apurado pela polícia que o falso médico era formado no exterior, sem revalidação do diploma, e atuava utilizando os dados e número do Conselho Regional de Medicina de outro profissional, registrado no Estado do Pará. 

O preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Governador Nunes Freire, onde aguardará ulterior deliberação judicial.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.