Homicídio

Suspeito de ser o mandante da morte de empresário é ouvido na SHPP, em São Luís

Jhonathan Fernando Cardoso Sousa foi assassinado a tiros dentro do posto de combustível em que era proprietário na cidade de Turiaçu.

Imirante.com

- Atualizada em 19/09/2022 às 15h26
A vítima foi morta a tiros em Turiaçu.
A vítima foi morta a tiros em Turiaçu. (Foto: Divulgação)

TURIAÇU - Um empresário do ramo de posto de combustível, que é suspeito de ser o mandante da morte de Jhonathan Fernando Cardoso Sousa, foi ouvido nesta segunda-feira (19), na sede da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP), na avenida Beira-Mar, em São Luís. 

Leia também: 

Duas pessoas morrem em acidente entre viatura da Polícia Civil e motocicleta na cidade de Turiaçu

Menino morre após ser enterrado vivo no município de Turiaçu

Segundo a Polícia Civil, a vítima era conhecida como Nando Net e foi assassinada a tiros no dia 25 do mês passado dentro do posto de combustível em que era proprietária, em Turiaçu, interior do Maranhão. Também era dono de um provedor de internet nessa cidade.

O caso segue sendo investigado pela equipe da SHPP. O delegado Jeffrey Furtado disse em entrevista à Mirante AM, na tarde de segunda-feira, que a pessoa ouvida na sede da SHPP tem todos os indícios de ter sido o mandante da morte do empresário. 

Ainda segundo Jeffrey Furtado, a pessoa foi ouvida, negou a autoria do crime e teve que ser liberada devido não haver uma ordem de prisão expedida pelo Poder Judiciário. “A polícia já solicitou o mandado de prisão desse suspeito para a Justiça”, frisou o delegado.

Ele disse que a investigação e as buscas vão continuar sendo realizadas pela polícia com o objetivo de prender os dois executores do assassinato de Nando Net. “Vamos continuar investigando esse homicídio”, afirmou o delegado.

O crime

Na noite do dia 25 de agosto deste ano, Nando Net estava no posto de combustível quando foi abordado por dois homens, não identificados, que estavam em uma motocicleta. Os criminosos primeiramente tentaram colocar o empresário dentro de um veículo, mas, não obtiveram sucesso.

A vítima ao tentar correr para uma área de matagal, localizada no fundo do posto de combustível, acabou levando vários tiros e morreu no local. Após o ato criminoso, os suspeitos fugiram. 

A polícia também informou que o empresário há dois anos sofreu uma tentativa de homicídio. O veículo de Nando Net foi alvejado por criminosos na região e o caso foi investigado pela Polícia Civil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.