Eleições 2022

Presidente de partido é preso após atirar em adversários em Carolina

Marcelo Campelo disparou contra veículo na noite de sábado (1º), e foi detido neste domingo (2).

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 02/10/2022 às 21h04
Imagem do veículo atingido foi divulgada nas redes sociais.
Imagem do veículo atingido foi divulgada nas redes sociais. (Divulgação)

A polícia efetuou neste domingo (2) a prisão do presidente do Partido Liberal (PL) de Carolina, Marcelo Gomes Campelo. Ele é acusado de tentativa de homicídio.

Segundo apurou o Imirante, Campelo efetuou disparo de arma de fogo contra um veículo no qual estavam três adversários políticos, na noite de sábado (1º), em via pública.

O tiro não atingiu nenhum dos ocupantes do carro, mas perfurou a lataria e o banco traseiro.

Campelo foi abordado em um restaurante da cidade, pela manhã, quando coincidentemente almoçava no mesmo local em que a delegada da cidade Suênia Abrante.

Ao ser apresentado na delegacia, Marcelo Gomes Campelo decidiu por seu direito de manter-se em silêncio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.