Checamos

Não é verdadeira a declaração de Edivaldo Holanda Jr sobre a pesquisa que mostra cenário eleitoral no Maranhão

Edivaldo Holanda Júnior utilizou o seu perfil em rede social para tentar ferir a credibilidade de levantamento.

Imirante.com

- Atualizada em 21/09/2022 às 15h20
Edivaldo Holanda Júnior mentiu quando afirmou que pesquisa IPEC era falsa
Edivaldo Holanda Júnior mentiu quando afirmou que pesquisa IPEC era falsa (Reprodução TV Mirante)

SÃO LUÍS - Não é verdadeira a declaração do candidato ao Governo do Estado pelo PSD, Edivaldo Holanda Júnior, de que a pesquisa IPEC/TV Mirante, divulgada nessa terça-feira (20) durante a transmissão do JM2 edição, da TV Mirante, seria falsa.

Registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) sob o protocolo Nº MA-04923/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-08556/2022, a pesquisa foi contratada pela TV Mirante e ouviu 800 eleitores em 39 municípios, dos dias 17 a 19 deste mês. 

O levantamento seguiu todos os critérios técnicos e cumpriu com as exigências previstas na Legislação Eleitoral. 

Não há qualquer indício de que a pesquisa tenha sido fraudada como sugeriu o candidato em publicação em seu perfil no Instagram.

O que falou Edivaldo? 

Alerta: Pesquisa falsa. Atenção, começou a corrida de quem será o campeão das fakenews!!! A Mirante vai divulgar uma pesquisa fake para confundir o eleitor! Na verdade, os poderosos estão desesperados com os verdadeiros números e inventam uma pesquisa!!! Quando se junta um governador incompetente e um outro político que acha que é dono do Maranhão, o resultado é mentiras. A dobradinha Dino com Sarney é a única verdade na eleição”.

Como identificar uma pesquisa eleitoral?

Não é difícil para qualquer cidadão fazer a verificação a respeito da veracidade ou não de uma pesquisa eleitoral. 

A legislação exige que toda pesquisa cumpra uma série de requisitos técnicos, antes de ser publicada, e o principal deles é o registro no sistema da Justiça Eleitoral.

Na página do TSE há um campo de busca de pesquisas registradas por estado, de qualquer que seja o instituto.

Lá constam dados, por exemplo, sobre o contrante; o valor pago pela pesquisa; a quantidade de questionários que serão aplicados; o estatístico responsável pelo levantamento; o número de municípios em que a intenção de votos será apurada; as perguntas que constam nos questionários apresentados aos eleitores; os dias em que os questionários serão aplicados, o método utilizado pelo instituto e a data prevista de divulgação do relatório.

Se qualquer desses critérios for descumprido, a Justiça Eleitoral impede e/ou suspende a publicação da referida pesquisa.

IPEC cumpriu protocolos?

Sim. Todos os protocolos, critérios técnicos e processos burocráticos exigidos pela Justiça Eleitoral, foram cumpridos pelo instituto. A pesquisa foi divulgada nessa terça-feira durante o JM2, sem que houvesse qualquer pendência junto ao TRE-MA.

Qual o motivo da desinformação disseminada pelo candidato?

Edivaldo caiu sete pontos em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, publicado no dia 23 de agosto, e acabou sendo ultrapassado pelo quarto colocado, Lahesio Bonfim (PSC).

Naquele levantamento, ele aparecia com 14% das intenções de votos, enquanto Lahesio contava com apenas 10%. No atual, o seu adversário já aparece com 16%, enquanto o ex-prefeito de São Luís caiu para 7%.

No texto publicado pelo candidato no Instagram, o seu baixo desempenho no atual cenário levantado pelo instituto, é aparente como principal motivo da insatisfação. Por isso o ataque à credibilidade da pesquisa e aos seus adversários.

Não há qualquer base técnica ou materialidade, contudo, que dê sustentação à desinformação disseminada pelo candidato.

Edivaldo comemorou pesquisa anterior do mesmo instituto

No dia 23 de agosto, logo após publicada a primeira pesquisa IPEC/TV Mirante, em que o seu desempenho era consideravelmente melhor do que no atual levantamento, Edivaldo comemorou o resultado publicado.

Na ocasião, ele publicou quadro com o seu desempenho na capital, em um dos cenários apontados pelo levantamento, em que ele aparecia na liderança da corrida - dentre todos os candidatos -, em São Luís. A publicação, até a manhã desta quarta-feira, conta 1.709 curtidas e 303 comentários. 

Já a publicação desta terça-feira em que ele critica a recente pesquisa divulgada, havia até a manhã desta quarta-feira, 782 curtidas e 182 comentários.

 

Conteúdo investigado

Declaração do candidato Edivaldo Holanda Júnior (PSD) sobre suposta pesquisa manipulada de intenções de votos, divulgada nesta terça-feira pelo JM2 da TV Mirante.

Conclusão

Afirmação do candidato é falsa

Perguntas levantadas pelo Checagem Imirante  

A pesquisa IPEC/TV Mirante é foi falsa ou legítima?

A pesquisa criticada por Edivaldo foi registrada na Justiça Eleitoral?

A pesquisa seguiu critérios técnicos exigidos pela legislação?

Houve qualquer tipo de veto da Justiça Eleitoral à pesquisa?

Foi possível identificar o registro da pesquisa no site do TSE?

Os dados publicados pelo JM2 da TV Mirante correspondem ao relatório apresentado pelo instituto?

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.