Indeferimento

Sobe para oito o número de candidaturas barradas pela Justiça no MA

Até o último fim de semana eram apenas dois os candidatos com pedido de registro de candidatura indeferidos pela Justiça Eleitoral.

Ronaldo Rocha / Ipolítica

Justiça Eleitoral já barrou oito candidaturas no Maranhão
Justiça Eleitoral já barrou oito candidaturas no Maranhão (Divulgação)

SÃO LUÍS - Subiu para oito o número de candidaturas indeferidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) em todo o Maranhão.

São sete candidatos a deputado estadual e um a deputado federal impedidos de disputar o pleito do mês de outubro deste ano. 

Até o último fim de semana, apenas dois candidatos haviam sido barrados pelo TRE. Tratam-se de Leonardo Coe e Dedé Locutor, ambos do PDT. 

 O primeiro, segundo a decisão unânime da Corte Eleitoral, não se desincompatibilizou de cargo de funcionário público estadual dentro do prazo. Já o segundo não apresentou documentos exigidos pelo judiciário para se credenciar à disputa. 

Assembleia Legislativa

Agora, além de Leonardo Coe e de Dedé Locutor, também não poderão concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, os candidatos Antonio Dinho (PSTU); Marcelo Penha (PODE); Marta Surama (PODE); Riba Sousa (PSB) e Gleslen Thamyres Ribeiro, conhecida como Tatá (PSC).

Já para a Câmara Federal, não poderá ser disputar o pleito o candidato Adroaldo Santos, do Solidariedade.

A Justiça Eleitoral segue com o julgamento de pedidos de registros de candidatura de candidatos a deputado estadual e federal; senadores e governador do Maranhão. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.