Eleições 2022

Com campanhas nas ruas, candidatos a governador do MA ainda não declaram receitas e despesas

Alimentação do sistema de prestação de contas eleitorais não precisa ser feita diariamente, mas TSE destaca que trata-se “um dever de todos os candidatos".

Gilbert Léda/ipolítica

- Atualizada em 17/08/2022 às 12h51
Sistema do TSE facilita consulta pelos eleitores
Sistema do TSE facilita consulta pelos eleitores (Divulgação/TSE)

SÃO LUÍS - Quase todos já com mobilizações nas ruas desde terça-feira (16) - quando foi iniciado oficialmente o período de campanha eleitoral -, os candidatos a governador do Maranhão ainda não começaram a informar à Justiça Eleitoral os dados de receitas e despesas com as movimentações.

Além de atos pelas ruas de cidades maranhenses, postulantes ao Palácio dos Leões já iniciaram também, por exemplo, a montagem de comitês de campanha.

A alimentação do sistema de prestação de contas eleitorais não precisa necessariamente ser feita diariamente. Mas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) destaca que trata-se “um dever de todos os candidatos".

“Essa é uma medida que garante a transparência e a legitimidade da atuação partidária no processo eleitoral”, diz a Corte sobre o tema.

A consulta, candidato a candidato, pode ser feita aqui.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.