Estado Maior

Votos, espaços de poder e emendas foram determinante para decisão de Josimar

Deputado federal decidiu que seu grupo apoiará o senador Weverton Rocha na corrida pelo comando do Palácio dos Leões.

Ipolítica

Josimar decidiu que seu grupo vai apoiar o senador Weverton Rocha
Josimar decidiu que seu grupo vai apoiar o senador Weverton Rocha (Divulgação)

SÃO LUÍS - Foram cerca de 60 dias de conversas, negociações e acordos para que o deputado federal Josimar de Maranhãozinho e o seu PL definissem posição em relação à disputa pelo Palácio dos Leões. O parlamentar, que até eleição interna promoveu, definiu que seu grupo vai apoiar o senador e pré-candidato ao governo do Maranhão pelo PDT, Weverton Rocha.

Antes desta definição, Maranhãozinho admitiu que manteve amplo diálogo com o governador Carlos Brandão (PSB), que durante discurso na live na segunda-feira, 23, foi poupado de críticas por parte do deputado.

Josimar disse que percebeu, no entanto, que o governo estadual permanecia o mesmo de antes do dia 31 de março. Ou seja, os métodos de Flávio Dino (PSB) no governo ainda era evidente na gestão Brandão.

Além disto, Maranhãozinho reclamou do loteamento do apoio ao governador. Segundo ele, uma análise feita por ele foi a de que na chapa majoritária de Carlos Brandão não mais havia espaço para outros aliados. Todos os espaços possíveis estão atrelados às decisões de Dino.

Com isto, o parlamentar disse que optou por um aliado que pudesse construir junto o projeto de governo. Isto significa que os espaços para vice, senador, primeiro e segundo suplentes de senador, tudo pode ser feito em conjunto e do começo.

A justificativa de Josimar faz sentido, mas não determinante para sua decisão. Além dos 60 mil votos pedidos e de espaços em um eventual governo a partir de 2023, Maranhãozinho teve garantias de liberação de emendas, algo que ele deixou subtendido ao avisar aos seus prefeitos aliados que se não houver recursos aqui no Maranhão, ele buscará ajuda em Brasília.

E foram estas garantias que pesaram na decisão do parlamentar, que vai ousar e tentar se reeleger e eleger a esposa Detinha a deputada federal, reeleger outros aliados tanto para Câmara quanto para a Assembleia Legislativa.

Incômodo
O apoio de Josimar de Maranhãozinho visivelmente incomodou o Palácio dos Leões. E o desconforto foi tanto que uma narrativa já foi criada para desqualificar a aliança PL/PDT.

Os palacianos desdenham do apoio afirmando que Josimar tem menos de 5% de intenção de votos a governador nas pesquisas já divulgadas.

E que este percentual em nada ajudará o pedetista que agora aparece em segundo nos levantamentos de intenção de voto ficando atrás de Carlos Brandão.

Não sustenta

Mas esta narrativa pouco se sustenta. Primeiro porque o governador Carlos Brandão lutou para ter este apoio de Josimar mesmo com pouco percentual nas pesquisas.

Depois porque o apoio de 50 prefeitos desequilibra qualquer disputa eleitoral.

E, por fim, o PL ajudará e muito na composição para tempo de televisão no horário eleitoral durante a campanha.

Comemoração

Enquanto no Palácio dos Leões o clima é de desanimação, o grupo do senador Weverton Rocha comemora a adesão de Josimar.

As contas estão sendo feitas para saber dos impactos positivos da aliança do PL e PDT.

Os pedetistas, por sinal, falam na adaptação do foguete de Weverton Rocha para comportar mais pessoas.

Engraçado

 E ainda sobre a decisão de Josimar de Maranhãozinho, a eleição interna que ele promoveu no fim de semana foi bem engraçada.

Começando pela cédula de votação que tinha três opções: decisão de Josimar, Werverton e Brandão.

Engraçado também foi o resultado. Somente um deputado e um prefeito votaram pelo apoio a Carlos Brandão. Cerca de oito pessoas entre deputados e prefeitos disseram que o apoio deveria ser para Weverton Rocha.

Mas a maioria mesmo votou para deixar nas mãos de Josimar a decisão sobre o apoio do grupo para o governo do Maranhão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.