Eleições 2022

Flávio Dino é alvo de investigação por possível propaganda antecipada

Ex-governador distribuiu cestas básicas, kits de irrigação e material esportivo em Zé Doca, em fevereiro.

Gilberto Léda/ipolítica

- Atualizada em 03/05/2022 às 11h22
Dino participou de distribuição de material em Zé Doca
Dino participou de distribuição de material em Zé Doca (Reprodução/Instagram)

SÃO LUÍS - O ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) é alvo de uma procedimento preparatório eleitoral na Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE-MA) por suposta prática de propaganda antecipada.

Pré-candidato a senador, o socialista foi denunciado em notícia de fato após a distribuição de “cestas básicas, kits de irrigação, bolas e camisas de futebol, instrumentos musicais, aparelhos de ginástica, barracas de feira, capacetes de motos, entre outros itens”.

O ato em que ocorreu a possível prática de crime eleitoral foi realizado na cidade de Zé Doca, interior do estado, no dia 25 de fevereiro, e foi repercutido pelo próprio pré-candidato em suas redes sociais.

“Agradeço a acolhida que tive em Zé Doca, onde entregamos viaturas policiais, instrumentos musicais, motores para pescadores, materiais esportivos, capacetes para moto taxistas e cestas básicas”, postou Dino, no Instagram.

“A distribuição é feita por prefeituras ou por intermédio de entidades sem fins lucrativos, sem nenhum direcionamento eleitoral. A legislação está sendo rigorosamente cumprida, conforme será demonstrado ao Ministério Público”, completou.

O Imirante entrou em contato com a assessoria do ex-governador e aguarda posicionamento.

Primeiro caso - Dino é o primeiro pré-candidato ao Senado acionado por irregularidade na pré-campanha eleitoral do Maranhão.

Até hoje, apenas pré-candidatos a governador haviam sido alvo de representações. Já respondem na Justiça Eleitoral, també, por possível propaganda antecipada o governador Carlos Brandão (PSB), o senador Weverton Rocha (PDT), o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e o ex-prefeito de Sao Pedro dos Crentes Lahesio Bonfim (PSC).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.