Proposta

Prefeitura propõe 10,06% de reajuste para professores de São Luís

Sindicato vai reunir categoria às 16h30 para apresentar proposta do município e definir se encerra ou mantém greve.

Carla Lima/Ipolítica

Professores da rede municipal de São Luís decidirão se manterão ou não a greveapós apresentação de nova proposta de reajuste da Prefeitura
Professores da rede municipal de São Luís decidirão se manterão ou não a greveapós apresentação de nova proposta de reajuste da Prefeitura (Divulgação)

SÃO LUÍS - A Prefeitura de São Luís, em reunião de conciliação com o Sindicato dos Profissionais de Magistério de São Luís (SindEducação), apresentou a proposta de 10,06% de reajuste salarial para os docentes, que se reunirão nesta tarde de quarta-feira, 20, para decidir se aceitam ou não a proposta.

O percentual proposto na reunião ocorrida na manhã desta quarta-feira, 20, no Tribunal de Justiça, é o dobro do que a Prefeitura havia oferecido durante as rodadas de diálogo feitas com o SindEducação.

Os professores recusaram a proposta de reajuste de 5% e decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado na segunda-feira, 18, mesmo após decisão judicial que considerou a paralisação ilegal.

Diante do impasse, uma audiência de conciliação foi marcada e a Prefeitura apresentou 10,06% de reajuste.

O SindEducação reunirá a categoria em assembleia às 16h30 desta quarta-feira. A proposta do município será a pauta. Se a categoria aceitar a proposta, a greve será encerrada e os professores voltarão a trabalhar.

Se recusada, a greve se manterá e novas rodadas de diálogo deverão acontecer.

 

 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.