Feira

FEICON 2022 volta a movimentar o mercado da construção civil

Empresários maranhenses confirmaram presença neste que é o maior evento do setor na América Latina.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h07
A FEICON será realizada de 29 de março a 1º de abril, em São Paulo, reunindo mais de 700 marcas
A FEICON será realizada de 29 de março a 1º de abril, em São Paulo, reunindo mais de 700 marcas (Divulgação)

SÃO LUÍS - O empresário maranhense do ramo da construção civil, Antonio Sousa Pereira, da empresa Sousa Comércio e Construção, é presença confirmada na FEICON Batimat, Salão Internacional da Construção, que após dois anos sem acontecer, devido à pandemia, está de volta e será realizada de 29 de março a 1º de abril, em São Paulo.

Antonio Sousa disse que este é um dos maiores eventos do setor na América Latina, e que vai conferir os lançamentos, tendências e soluções eficientes para atender ao exigente mercado da construção. “Todo o conhecimento apreendido na FEICON, pretendo compartilhar na volta com os demais empresários locais.

Durante a FEICON, o empresário vai se integrar à comitiva da Associação dos Comerciantes de Material de Construção do Maranhão (ACOMAC).

A FEICON oferece visão completa do mix de setores da construção civil e arquitetura em um só lugar. Com a presença de mais 700 marcas, o evento conta com expositores dos macrossetores de instalações, acabamentos, externos e estruturas.

O evento atrai a um público altamente qualificado formado por engenheiros, arquitetos, profissionais do setor, além do público que está construindo ou renovando, vindo de todo o Brasil e do exterior.

É referência, por ser considerada uma plataforma de relacionamento, conhecimento e inspiração para seus milhares de visitantes. Com iniciativas presenciais e digitais, a FEICON conecta todo o mercado, gerando conteúdo e negócios durante 365 dias ao ano.

A programação do evento conta com encontros, simpósios e debates de extrema relevância para apresentar os desafios e oportunidades do setor, liderados por especialistas e instituições de referência no mercado.

Inflação em alta

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro/2022, em São Luís, registrou elevação de preços de 1,33%. Foi o maior índice dentre as 16 regiões de pesquisa do IBGE. Dos nove grupos de despesa que compõem o IPCA, a maior alta, em São Luís, foi detectada no grupo educação (5,65%), seguido pelos grupos artigos de residência (2,17%) e alimentação e bebidas (1,98%).

Em virtude do peso que esse último grupo de despesa tem no cálculo do IPCA, praticamente um quarto, foi ele o de maior impacto (0,50 p.p.) na composição final do índice de preços calculado pelo IBGE.

Grupo Mateus em crescimento

O Grupo Mateus obteve receita líquida de R$ 15,9 bilhões no ano passado, aumento de 28% sobre 2020. No quarto trimestre de 2021, o lucro líquido atingiu R$ 208 milhões, desempenho 7,6% acima do reportado em 2020, e a receita líquida totalizou R$ 4,441 bilhões, representando um avanço de 22,2%.

Entre outubro e dezembro, os investimentos somaram R$ 358 milhões, alta de 61%, e a companhia inaugurou 13 lojas, encerrando o trimestre com 202 unidades em operação. Ao longo de 2021, foram 44 inaugurações, entrando em 14 novas cidades.

Rally da Safra 2022

Nesta semana, o Rally da Safra, expedição privada realizada pela Agroconsult, percorreu os estados do Maranhão, Tocantins e Piauí para avaliar as condições das lavouras de soja, sendo que as produtividades para esses estados são positivas.

E depois de três meses avaliando lavouras de soja pelas principais regiões produtoras do Brasil, o Rally da Safra 2022 vai apresentar os resultados de produção, área plantada e produtividade, em um evento virtual e 100% gratuito, que acontecerá dia 17 deste mês, com a participação do coordenador do evento, André Debastiani.

Cronograma de precatórios

Para quem está na fila dos precatórios, uma boa notícia. O Tribunal de Justiça do Maranhão divulgou o cronograma de pagamento para os meses de março e abril deste ano. No âmbito do Município de São Luís, por exemplo, agora em março, serão pagos 90 precatórios.

Também está previsto para este mês o pagamento de 19 precatórios devidos pelo Estado do Maranhão, a título de direitos de superpreferências de portadores de doença grave, totalizando o montante de R$ 1.529.927,46. O valor individual máximo a ser pago em cada precatório, a título de direito de superpreferência, corresponde atualmente a 100 salários-mínimos (R$ 121.200,00).

VAREJO

Investimentos em inovação

Ao participar do Congresso Brasileiro de Inovação, evento promovido pela CNI e Sebrae, o presidente da Fiema, Edilson Baldez, acentuou que a inovação tem ganho espaço na agenda de desenvolvimento de países ricos e emergentes, mas que o Brasil ainda caminha a passos lentos.

“A experiência internacional demonstra que a inovação é o caminho mais curto para o desenvolvimento sustentável da economia”, afirmou.

Trem de passageiros

Após o retorno da operação ferroviária de minério e cargas em geral desde quinta-feira, 9, as viagens do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Carajás serão retomadas nestes sábado, 12.

Trecho do município de Bom Jesus das Selvas (MA) afetado pelas fortes chuvas, levou à suspensão temporária da circulação de trens na ferrovia. Com a retomada, o trem de passageiros volta a circular com 100% de sua capacidade.

Pacote de medidas

Clientes do Banco do Nordeste com operações de crédito em vigor, contratadas a partir de janeiro de 2018, com recursos do FNE, poderão optar pela troca de juros pós-fixados por pré-fixados. O pedido de pode ser feito entre o dia 2 de maio e 30 de dezembro deste ano, conforme medida anunciada pelo banco e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). As outras ações contemplam descontos para renegociação de dívidas, prorrogação de prazos e crédito emergencial com juros reduzidos.

Alta no preço das passagens aéreas

As principais companhias aéreas do país devem aumentar nas próximas semanas o preço das passagens. A alta segue o curso de subida do preço dos combustíveis no mercado internacional, resultado do encarecimento das commodities desde a escalada do conflito entre Rússia e Ucrânia. Em nota, a Latam admitiu que os preços de combustíveis têm impacto relevante no custo de operação e o atual cenário demanda que a passagem fique mais cara.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.