Prefeitura de São Luís

Projeto de reajuste salarial de professores exclui docentes de nível superior

Segundo SindEducação, proposta do prefeito Eduardo Braide já foi encaminhado para a Câmara Municipal de São Luís e concede reajuste do piso salarial do magistério somente para professores de nível médio.

Carla Lima/Editora de Política

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h09
Eduardo Braide decidiu deixar de fora do reajuste do piso do magistério todos os professores de nível superior da rede municipal de ensino
Eduardo Braide decidiu deixar de fora do reajuste do piso do magistério todos os professores de nível superior da rede municipal de ensino (Foto: Reprodução/TV Mirante)

SÃO LUÍS - Já está em tramitação na Câmara Municipal de São Luís o projeto de lei que prevê o reajuste salarial dos professores da rede municipal de São Luís. O que chama atenção é que a Prefeitura excluiu do reajuste salarial do magistério os professores de nível superior. Somente os docentes de nível médio terão direto, se a proposta for aprovada, a 33,65% de reajuste do piso salarial determinado pelo Governo Federal.

Como não abrange toda a categorial, o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino (SindEducação), está chamando os professores para manifestação em frente a Câmara de São Luís na manhã desta terça-feira, 8. Segundo Ana Paula Martins, secretária de Comunicação da entidade, a ideia é manter um diálogo com os vereadores para evitar a aprovação da proposta com o texto enviado pelo município.

"Não entendemos porque o prefeito Eduardo Braide está fazendo esta maldade com os professores de nível superior. O reajuste do piso salarial sempre alcançou toda a categoria em anos anteriores", disse.

Pela proposta da Prefeitura de São Luís, o professor de nível médio passará a receber R$ 3,85 mil mensais por uma carga horário de 40 horas. Já os professores de nível superior, com a mesma carga horário, permanecerão ganhando pouco mais de R$ 4,65 mil mensais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.