Assembleia Legislativa

Com produção de 30 mil m³ de GNV, governo tenta aprovar projeto na AL

Segundo dados da Gasmar, o Maranhão produziu por dia, em 2020, mais de 3 milhões de M³ de gás natural; projeto do Palácio dos Leões permite a venda de gás natural veicular em postos do estado.

Carla Lima/Editora de Política

- Atualizada em 07/04/2022 às 09h13
De acordo com a Gasmar, em 2020, Maranhão produziu mais de 3 milhões de M³ de gás natural por dia
De acordo com a Gasmar, em 2020, Maranhão produziu mais de 3 milhões de M³ de gás natural por dia (Divulgação)

SÃO LUÍS - O Maranhão tem atualmente a capacidade de produzir 30 mil metros cúbicos por dia de gás natural veicular (GNV). O dado é da Empresa Maranhense de Gás (Gasmar) que aguarda votação na Assembleia Legislativa de projeto de lei do Poder Executivo que prevê permissão de comercializar o GNV em postos de combustíveis.

Segundo os números da Gasmar, esta produção diária do gás natural veicular é capaz, incialmente, de abastecer 2 mil carros por dia no Maranhão. Esta quantidade pode aumentar conforme a oferta e procura deste tipo de gás.

Sobre a proposta do Palácio dos Leões, a matéria chegou à Assembleia Legislativa em novembro. Recebeu o parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas não chegou a ir a plenário. A previsão era de que a proposta entraria em pauta na semana anterior ao carnaval devido a um pedido de urgência que seria feito pelo líder do bloco governistas, Duarte Júnior (PSB).

No entanto, devido a obstrução da pauta por parte dos deputados governistas, a matéria não pode ser votada. A obstrução ocorreu devido a divergência entre o grupo de 23 deputados aliados do Palácio dos Leões e o presidente da Casa, Othelio Neto (PDT), em relação a composição da CCJ.

Agora, devido a decisão judicial de manter a escolha do deputado Márcio Honaiser (PDT) como presidente da CCJ, é esperado que a pauta na Assembleia não volte a ser obstruída.

Mais

Segundo a Gasmar, em 2020, o Maranhão produziu 3,6 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural. Já em relação a 2021, ainda está em levantamento a produção no estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.