Tratamento de câncer

Iodoterapia no tratamento oncológico: conheça o serviço disponível no HSD

No Hospital São Domingos, os pacientes encontram espaço local tranquilo e confortável para a realização do procedimento.

Publipost

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h53
A Iodoterapia é amplamente indicada para pacientes com câncer de tireoide papilífero ou folicular.
A Iodoterapia é amplamente indicada para pacientes com câncer de tireoide papilífero ou folicular. (Foto: Divulgação/HSD)

SÃO LUÍS - A Iodoterapia consiste em um procedimento que utiliza a forma radioativa do Iodo-13, elemento que é um isótopo do Iodo, habitualmente encontrado na nossa dieta diária, no sal de cozinha.

O paciente deve tomar o conteúdo em um espaço específico, onde terá que ficar internado em uma unidade de quarto terapêutico para tratamento de câncer de Tireoide. No Hospital São Domingos, os pacientes encontraram esse espaço em um local tranquilo e confortável para a realização do procedimento.

Nos casos de tratamento de doenças benignas, não há necessidade de internação. O mais comum é que o tratamento seja realizado por pacientes que tenham alguma disfunção de Tireoide. Nesse caso, o objetivo da terapia com o Iodo-131 é eliminar as células cancerígenas que ainda se mantêm no organismo do paciente.

Para quem é indicada?

A Iodoterapia é amplamente indicada para pacientes com câncer de tireoide papilífero ou folicular (câncer diferenciado de tireoide). Mas não é utilizada para tratar carcinomas anaplásicos e medulares de tireoide, uma vez que estes tipos de câncer não captam o Iodo.

Para que serve a Iodoterapia?

O Iodo radioativo dose ambulatorial pode ser utilizado para tratar doenças benignas, tais como hipertireoidismo, especialmente nas doenças de Graves ou Plummer, e costuma ser indicado quando o paciente não tem melhora com o uso de remédios, quando não pode utilizá-los por alergia ou quando é necessário um tratamento mais definitivo da doença, como pessoas que têm doenças cardíacas, por exemplo.

O tratamento com iodo radioativo (em unidade de internação) no câncer de tireoide é indicado como forma de eliminar resquícios de células cancerígenas após a remoção da tireoide, diminuindo o risco de recidiva do câncer. Em alguns casos, também pode ser utilizado para ajudar a eliminar metástases, e os sintomas produzidos por elas.

Serve ainda para a realização de exames como a cintilografia de tireoide, que é um exame indicado pelos médicos para estudar o funcionamento da tireoide, a fim de investigar as doenças que podem surgir neste órgão, principalmente quando há a suspeita de nódulos cancerígenos ou em casos de hipertireoidismo.

Quais os efeitos colaterias?

  • Olhos com pouco lacrimejamento (olhos secos);
  • Irritação do estômago sem gastrite;
  • Sensibilidade no pescoço;
  • Náuseas e vômitos, pode ocorrer em pequenos casos de pacientes;
  • Inflamação das glândulas salivares, que podem levar a boca seca;
  • Alterações no paladar.
Cuidados necessários durante o tratamento

Antes do tratamento é necessário um preparo adequado. Confira algumas recomendações:

  1. Suspender o uso de hormônios tireoidianos (que são introduzidos após a retirada cirúrgica da glândula).
  2. Realizar uma dieta pobre em substâncias que contenham Iodo (alimentos e medicamentos) e evitar contato com produtos ricos em Iodo (maquiagens, esmaltes, sabões com Iodo etc);
  3. No dia do tratamento, estar em jejum de pelo menos 4 horas, pois assim a absorção do iodo radioativo no estômago terá maior eficácia;
  4. Em caso de tratamento do câncer, o paciente deverá ficar internado;
  5. É necessário ingerir bastante líquido, preferencialmente água, para que o excesso de radiação seja eliminado na urina.
Atendimento

A Iodoterapia está localizada no 2º andar do Hospital São Domingos, próximo à Central de Infusão.

Para mais informações ou agendamento de consulta, entre em contato conosco: (98) 3216-8580 / 3216-8622

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.