Ataques violentos

Polícia contabiliza sete mortos e oito feridos em noite violenta na Grande São Luís

Os ataques foram registrados nos bairros: Alemanha, Cruzeiro do Anil, João de Deus e Cidade Olímpica, em São Luís; e Parque Jair e Alto do Turu, em São José de Ribamar.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h21
A sétima vítima morta foi Mykael Pereira dos Santos, de 18 anos, assassinado na Cidade Olímpica. / Foto: Divulgação.
A sétima vítima morta foi Mykael Pereira dos Santos, de 18 anos, assassinado na Cidade Olímpica. / Foto: Divulgação.

SÃO LUÍS – A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) contabilizou sete assassinatos oito pessoas feridas durante ataques na noite dessa quinta-feira (21) na Região Metropolitana de São Luís. As vítimas foram mortas a tiros, disparados por pessoas em carros e motos pretas. Os ataques foram registrados nos bairros: Alemanha, Cruzeiro do Anil, João de Deus e Cidade Olímpica, em São Luís; e Parque Jair e Alto do Turu, em São José de Ribamar.

Saiba mais: Noite de correria e tiroteio resulta em mortes e vítimas feridas em São Luís

Segundo testemunhas, os crimes foram cometidos por homens que estavam trafegando em motocicletas e carros de cor preta. Os ataques aconteceram entre as 19h e 23h dessa quinta, quando homens passavam atirando contra pessoas nas ruas.

As vítimas que foram a óbito são: Paulo Rogério Nogueira da Silva, 27 anos, assassinado a tiros no bairro da Alemanha; Werberth de Carvalho Cascas, 35 anos, morto na Vila Conceição, no bairro João de Deus; Matias dos Santos Assunção, de 20 anos, assassinado no Alto do Turu; Nataniel Soeiro Costa, de 44 anos, Leandro dos Santos Silva, 18 anos; e uma terceira pessoa de 25 anos ainda não identificada, foram mortas no bairro Parque Jair; a sétima vítima morta foi Mykael Pereira dos Santos, de 18 anos, assassinado na Cidade Olímpica.

Veja algumas imagens feitas por populares durante os ataques:

Ainda não há informações sobre a autoria dos ataques nem a motivação. Segundo a Polícia Civil do Maranhão, os investigadores da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) estão em diligências para coletar indícios sobre os casos de homicídios.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.