Inscrições

Judiciário de Santa Helena oferece R$ 2,5 mil para projetos sociais

Podem se inscrever no seletivo, organizações públicas e/ou privadas com finalidade social, sediadas em Santa Helena e Turilândia.

Imirante.com, com informações da CGJ-MA

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h04
Fórum de Santa Helena, cidade distante 162 km de São Luís.
Fórum de Santa Helena, cidade distante 162 km de São Luís. (Foto: Wellington John)

SANTA HELENA - Começam nesta segunda-feira e seguem até dia 12 de março, as inscrições para o processo de seleção de projetos sociais para obtenção de recursos financeiros oriundos de transações penais e prestações pecuniárias arrecadadas com a suspensão condicional do processo ou da pena pelo poder judiciário do Maranhão. Podem se inscrever no seletivo, organizações públicas e/ou privadas com finalidade social, sediadas em Santa Helena e Turilândia.

Leia também:

Judiciário maranhense abre processo seletivo para novos estagiários

Projeto social de Alcântara recebe doação de livros​

Saiba como doar parte do imposto de renda a projetos sociais

Os projetos sociais devem ser desenvolvidos nos municípios de Santa Helena e Turilândia, com atividades de caráter social nas áreas de assistência social, educação, fomento ao trabalho e renda, saúde, esporte, lazer, cultura ou meio ambiente.

As inscrições para a Seleção de Projetos Sociais deverão ser realizadas no período de 8 de fevereiro a 12 de março, das 8h às 13h na secretaria judicial do Fórum de Santa Helena (Travessa Bequimão, s/nº, Ponta D'Areia, Santa Helena). O resultado da escolha dos projetos selecionados será divulgado no Portal do Poder Judiciário até o dia 19 de março.

Documentações

As entidades interessadas em participar do certame deverão apresentar, no ato da inscrição, os seguintes documentos: Estatuto Social da entidade, contendo o CNPJ; Ata da Fundação registrada em cartório; Ata da última eleição, contendo os nomes dos Membros da Diretoria, registrada em cartório; cópia autenticada do RG, CPF e comprovante de residência do presidente; projeto a ser desenvolvido em Santa Helena e Turilândia com valor até R$ 2,5 mil; certidões negativas, cível e criminal, da entidade, emitidas pela Justiça Estadual e Federal; certidão cível e criminal emitidas pelas comarcas onde os dirigentes tenham residido nos últimos cinco anos e certidão de quitação eleitoral dos dirigentes.

As regras para a participação no processo seletivo foram estabelecidas pela juíza Márcia Daleth Gonçalves Garcez, titular da 1ª Vara da Comarca de Santa Helena, no Edital nº 2/2021. Não havendo candidatos interessados ou capacitados, o Juízo da 1ª Vara da Comarca de Santa Helena decidirá sobre a destinação das verbas arrecadadas, fazendo consignar, em cada processo, a destinação e o emprego.

As entidades que tiverem o seu projeto selecionado deverão, ainda, observar as disposições estabelecidas pela Resolução n° 154/2012 do Conselho Nacional de Justiça e pelo Provimento n° 10/2012 da Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão. As cópias desses atos normativos estão disponíveis na secretaria judicial do fórum, para os interessados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.