Em Pinheiro

Corpo de sargento morto por homem com problemas mentais é enterrado

Carlos Magno Cantanhede, de 47 anos, foi enterrado na manhã desta quinta-feira (2).

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h07
Carlos Magno, de 47 anos, foi morto com um tiro no pescoço. (Foto: Reprodução)
Carlos Magno, de 47 anos, foi morto com um tiro no pescoço. (Foto: Reprodução)

PINHEIRO - Na manhã desta quinta-feira (2), o corpo de Carlos Magno Cantanhede, de 47 anos, sargento do Centro Tático Aéreo (CTA), que morreu baleado por um homem com transtornos mentais na cidade de São Domingos do Maranhão. O caso gerou muita comoção na cidade que tem pouco mais de 82 mil habitantes.

Homem com problemas mentais mata sargento do CTA durante ocorrência no Maranhão

A cerimônia foi realidade em Pinheiro, onde Carlos Magno vivia com a família. Parentes, amigos e colegas de trabalho do sargento participaram do cortejo que levou seu corpo até o cemitério.

Parentes e amigos acompanham cortejo do sepultamento do sargento Carlos Magno. (Foto: Reprodução / TV Mirante)
Parentes e amigos acompanham cortejo do sepultamento do sargento Carlos Magno. (Foto: Reprodução / TV Mirante)

Carlos Magno foi morto nessa quarta (1º), durante uma ocorrência na zona rural do município de São Domingos do Maranhão, distante 380 km da capital maranhense.

A equipe do CTA havia ido a uma residência resolver uma discussão entre o homem, que estava tentando agredir membros da sua família, quando foi recebida a tiros. Ele foi baleado no pescoço, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.O homem suspeito de atirar contra Carlos Magno também foi atingido, não resistiu aos ferimentos e também morreu no local.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.