Tragédia

Identificados maranhenses mortos em acidente com ônibus que seguia para Brasília

O ônibus tombou na BR-070, perto de Ceilândia (DF) e, segundo a ANTT, o motorista do ônibus tentou fugir de uma fiscalização da PRF.

Imirante.com

- Atualizada em 23/10/2023 às 06h06
Ônibus com maranhenses tombou na BR-070, perto de Ceilândia, no Distrito Federal.
Ônibus com maranhenses tombou na BR-070, perto de Ceilândia, no Distrito Federal. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

MARANHÃO – Foram identificados os cinco passageiros de um ônibus que morreram em uma tragédia na estrada durante viagem entre o Maranhão e o Distrito Federal, nesse sábado (21). O ônibus, tombou na BR-070, perto de Ceilândia (DF).

Das cinco, três vítimas são do Estado do Maranhão. Veja quem são:

  • João Freire de Sousa, de 57 anos, do município de Coroatá;
  • Maria Eliete Gomes da Silva, de 57 anos, do município de Barra do Corda;
  • Maria de Deus Fernandes Crateus, de 64 anos, do município de Caxias.

     

Outras duas pessoas mortas neste acidente são Francisco Ferreira da Silva e Claudia Maria Moreira Marques de Sousa, ambos do Estado do Piauí. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil do Distrito Federal. 

Quinze pessoas ficaram feridas após o ônibus de viagem, que saiu do Maranhão com destino a Brasília (DF). De acordo com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o transporte estava sendo feito de maneira clandestina. No ônibus, havia 32 passageiros.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal informou que o ônibus era conduzido por dois homens, de 56 anos e 32 anos, que foram avaliados pelos e nada sofreram. Uma caminhonete foi atingida, e o condutor também não ficou ferido.

Em nota, a ANTT afirma que o acidente aconteceu quando o motorista do ônibus tentou fugir de uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Além de não ter autorização para transportar passageiros, o veículo estava sem seguro e com pneus carecas.

Leia a nota da ANTT:

"Agência Nacional de Transportes Terrestres lamenta e expressa solidariedade aos familiares das vítimas do acidente envolvendo um ônibus neste sábado (21) na BR-070, no Distrito Federal, e esclarece que fornecerá todas as informações necessárias às autoridades de segurança pública para apoiar as investigações.

A ANTT informa que o veículo de placa JHN-2973 não possui autorização para transporte interestadual de passageiros, sendo considerado um serviço clandestino. O ônibus foi abordado no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde a corporação e fiscais da ANTT constataram a situação irregular do transporte. Como procedimento padrão neste tipo de situação de flagrante, o veículo é escoltado até o terminal rodoviário mais próximo, onde é efetivamente apreendido e os passageiros podem seguir viagem por linha regular, sob responsabilidade de custa da empresa infratora.

O acidente ocorreu quando o motorista do ônibus, que estava sendo escoltado por uma viatura da ANTT até o Terminal Rodoviário de Taguatinga, tentou empreender uma fuga na BR-070. A Agência esclarece que, em nenhum momento, houve perseguição por parte da equipe da Agência. Na fiscalização no posto da PRF, além de constatar a falta de autorização para transporte, foi identificado que o veículo estava sem seguro e com os pneus carecas.

Vale destacar que, nas empresas outorgadas pela Agência, quando ocorrem acidentes, existe a obrigação de comunicação dos fatos, e dependendo da causa, são abertos procedimentos para verificação das condições de segurança".

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.