Cerco policial

Operação na Baixada Maranhense resulta em nove prisões

Segundo a polícia, os detidos fazem parte de uma organização criminosa suspeita de vender droga, homicídio e crimes patrimonial.

Imirante.com

Um dos presos durante a operação  Cangalha em Cururupu.
Um dos presos durante a operação Cangalha em Cururupu. (Foto: Divulgação)

CURURUPU -  Nove suspeitos de integrar uma organização criminosa foram presos durante a operação Cangalha, que foi realizada nesta quarta-feira (14), na cidade de Cururupu, interior do Maranhão. Segundo a Polícia Civil, esse bando teria envolvimento com o tráfico de droga, crimes patrimonial e homicídios, principalmente, na Baixada Maranhense.

Leia também em: 

Presos 10 integrantes de um bando criminoso com atuação na região do Baixo Parnaíba, no Maranhão

Duas mulheres são presas com 40 quilos de drogas em Cururupu

A operação foi coordenada pelo Ministério da Justiça e tem como um dos objetivos de cumprir mandados de prisão e busca a apreensão a membros de facções criminosas envolvidos com diversos tipos de crimes.

Ainda de acordo com a polícia, a operação resultou em nove pessoas presas. Entre as prisões, seis foram por determinação judicial. Também foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão a residências de faccionados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.