Eleições 2022

Luciano Bivar anuncia desistência de disputar presidencia da República em 2022

Deputado federal disse, em convenção do União Brasil, que decidiu continuar na Câmara dos Deputados.

Ipolítica com informações do G1

- Atualizada em 01/08/2022 às 08h36
Luciano Bivar anunciou, neste fim de semana, desistência da candidatura à Presidência da República
Luciano Bivar anunciou, neste fim de semana, desistência da candidatura à Presidência da República (Divulgação)

BRASIL- O deputado federal e presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, anunciou neste domingo, 31, que desistiu de concorrer à Presidência da República. A oficialização da chapa estava marcada para a sexta-feira, 5, mas, em convenção do partido no Recife, cidade natal de Bivar, ele anunciou a desistência. 

"Resolvi voltar e continuar na Câmara Federal com ajuda de vocês para que a gente possa continuar presidindo o partido com a força que tem nosso partido, nossos parlamentares e todos os que compõem o União Brasil", discursou, confirmando a candidatura à reeleição.

Em seu discurso, Bivar indicou que apoiaria uma candidatura própria ao Planalto, da senadora Soraya Thronicke (MS). O nome dela tem sido defendido por líderes do partido como forma de equalizar gastos do Fundo Eleitoral – já que a legislação atual impõe uma cota mínima de gastos para a candidatura de mulheres.

“Quero parabenizar meu Senado Federal, na pessoa da senadora Soraya Thronicke, que em breve estará em Pernambuco se apresentando como alternativa para nosso país”, afirmou.

Bivar disse, ainda, que é preciso defender a democracia e falou que esse foi um dos propósitos para a criação do União Brasil, com a união do PSL e DEM.

“Eu tenho absoluta convicção de que nós queremos o que o União Brasil pretende. Dois partidos que fundiram-se para dar segurança política, segurança institucional ao país. Porque eu talvez seja um dos poucos aqui que vivi um momento delicado quando era estudante da faculdade de direito. A gente precisa, antes de tudo, preservar nossa democracia, a liberdade de tantos jovens que querem realmente prestar seu trabalho e inteligência em desenvolvimento do nosso país”, declarou.

O anúncio da desistência ocorreu no mesmo evento em que o União Brasil oficializou a candidatura do ex-prefeito de Petrolina Miguel Coelho (União) ao governo de Pernambuco. O ato ocorreu no Clube Internacional, na Madalena, na Zona Oeste.

Bivar não pontuou na última pesquisa Datafolha que mediu as intenções de voto para presidente de República.

O União Brasil tem o maior valor de Fundo Eleitoral nas eleições deste ano. São R$ 782,5 milhões, bem como um dos maiores tempos de TV nas propagandas eleitorais. Por isso, o apoio do partido tem sido disputado pelos candidatos ao Planalto. O próprio ex-presidente Lula (PT), candidato à presidência, articulou a desistência de Bivar.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.