Ordem judicial

Preso mais um suspeito de ter matado e queimado jovem em carvoaria de Bom Jesus das Selvas

A vítima estava desaparecida desde o dia 16 de abril deste ano e foi encontrada morta no dia primeiro de maio dentro de uma carvoaria.

Imirante.com

- Atualizada em 19/05/2022 às 17h39
O corpo da vítima estava dentro de uma carvoaria, em Bom Jesus das Selvas.
O corpo da vítima estava dentro de uma carvoaria, em Bom Jesus das Selvas. (Reprodução / TV Mirante)

BOM JESUS DAS SELVAS -  A polícia prendeu nesta quinta-feira (19) o terceiro suspeito de ter matado e queimado Matheus Pinto de Sousa, de 18 anos. Segundo a polícia, a vítima estava desaparecida desde o dia 16 de abril deste ano e foi encontrada morta no dia primeiro de maio dentro de uma carvoaria na cidade de Bom Jesus das Selvas, interior do Maranhão.

Leia também em: 

Mulher é morta com golpes de faca no pescoço e peito na cidade de Bom Jesus das Selvas

Irmãos são assassinados a tiros em estrada vicinal em Bom Jesus das Selvas

O caso é investigado pela equipe da Delegacia Regional de Buriticupu. De acordo com a polícia, a prisão ocorreu em cumprimento de determinação judicial. O detido confessou ter desferido pauladas em Matheus Pinto. A vítima ainda foi estrangulada e amarrada por fios de eletricidade.

O primeiro suspeito desse crime foi preso no último dia 7 também em cumprimento de ordem judicial. A segunda prisão ocorreu no dia 12 deste mês e, segundo a polícia, o detido é suspeito de ter ocultado o corpo da vítima.

Crime

A polícia informou que a vítima foi morta a pauladas e a golpes de faca. O corpo dela foi amarrado com fios de eletricidade e em uma rede, logo após, jogado dentro de uma carvoaria onde foi carbonizado. Matheus estava desaparecido desde o dia 16 de abril deste ano e encontrado morto no dia primeiro deste mês.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.