Latrocínio

Suspeitos de latrocínio são presos no interior do Maranhão

A vítima foi espancada e morta a tiros como também enterrada em uma cova rasa, na cidade de Bacabeira.

Imirante.com

- Atualizada em 24/06/2022 às 17h04
Os suspeitos foram presos por determinação judicial e o crime ocorreu em Bacabeira.
Os suspeitos foram presos por determinação judicial e o crime ocorreu em Bacabeira. (prisão)

BACABEIRA -  Um cerco policial realizado nesta sexta-feira (24), em Rosário resultou na prisão de Davi Soares, Adriana Silva Correa e Elizabeth dos Santos Correa suspeitos de terem roubado e matado Ronilson Silva da Silva. Segundo a polícia, o latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu no ano passado, em Periz de Baixo, em Bacabeira, interior do Maranhão.

Leia também em: 

Faccionados suspeitos de assassinato e ocultação de cadáver são presos em Bacabeira

Polícia vai realizar reprodução simulada da morte da jovem em Bacabeira

A polícia informou que a prisão foi por determinação do Poder Judiciário. Davi Soares é esposo de Adriana Silva. Enquanto, Elizabeth dos Santos é tia de Adriana. Esse crime foi cometido por integrantes de uma facção criminosa. 

Ainda de acordo com a polícia, a vítima residia no bairro Iraque, em Rosário, e, no dia do crime saiu na companhia de Elizabeth dos Santos para visitar Adriana Silva, em Periz de Baixo. Davi Soares ao ver a vítima saindo da residência de Adriana teria chamado faccionados para cometer o ato criminoso.

A vítima foi espancada e morta a tiros como ainda a motocicleta roubada pelos facionados. O corpo foi enterrado em uma cova rasa em uma área de matagal, na cidade de Bacabeira.


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.