Audiodrama

Maranhense Igor Nascimento estreia duas peças sonoras em podcast

Episódios vão ao ar nas duas últimas quintas-feiras do mês de novembro, na seção de <i>podcasts</i> no site do Itaú Cultural.

Na Mira, com informações do Itaú Cultural

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h06
Igor Nascimento é escritor, diretor, produtor e pesquisador, atuante no cinema, no teatro e na literatura. (Foto: Reprodução / Instagram)
Igor Nascimento é escritor, diretor, produtor e pesquisador, atuante no cinema, no teatro e na literatura. (Foto: Reprodução / Instagram)

SÃO LUÍS - O autor e diretor maranhense Igor Nascimento fecha a programação os episódios finais da primeira temporada do podcast Ficções Itaú Cultural – uma série de audiodrama, que desde agosto disponibiliza semanalmente uma peça sonora inédita realizada por diretores, dramaturgos e artistas convidados. Os episódios vão ao ar nas duas últimas quintas-feiras do mês de novembro.

Igor Nascimento parte de outro projeto de sua autoria, o conto ensaístico 'Aurora do Bonfim', com data prevista para estrear no dia 18 de novembro, e no dia 25, a comédia-terror 'Garoto Propaganda'.

Todos os episódios de Ficções Itaú Cultural – uma série de audiodrama podem ser conferidos na seção de podcasts no site do Itaú Cultural e nas demais plataformas de streaming da instituição.

“Muito do Fôlego Curto – Dramas para Ouvir, projeto contemplado pelo Rumos Itaú Cultural, volta para estas duas novas peças”, conta Igor Nascimento. “Para responder esse convite para participar do podcast Ficções, tive a honra de poder contar novamente com as parcerias do ator Lauande Aires e multi-instrumentista e sonoplasta Ivan Garro, que já tinham trabalhado comigo no projeto anterior”, completa ele, em referência à série radiofônica que estreou em 2019 na Rádio Comunitária Bacanga FM, na área Itaqui-Bacanga, periferia de São Luís, onde cresceu.

Criações

Em Aurora do Bonfim, Nascimento aproveitou referências e procedimentos usados em Crônicas do Esquecimento e Você não me Conhece, dois dos nove episódios de Fôlego Curto, para abordar o conceito de “imorribilidade”.

Na trama, uma vez diferenciada a ideia do que é imortal, infinito e eterno, ele passa a analisar a cadeia de eventos que conduziu as pessoas à prova irrefutável do fenômeno da “imorribilidade”, termo usado para definir o abandono da morte. O elenco conta com o ator Lauande Aires no papel do pesquisador e com a atriz Maria Ethel como Aurora do Bonfim, a primeira a manifestar esse conceito.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A comédia-terror Garoto Propaganda, disponibilizada na quinta-feira seguinte, 25, joga com as composições de Carne Moída, Fora do Ar e Tempestade, também episódios do projeto contemplado pelo Rumos. Nela, Jânio Baby, garoto propaganda e modelo de múltiplas faces da Fibrás, grande rede de frigoríficos, está em crise. Tremores, gritos da infância, novos projetos, suores sem causa e pesadelos estridentes perturbam seu gênio carismático e podem arruinar sua carreira e a imagem da empresa. Garcês, seu tutor, é chamado para gerenciar o risco e contornar a situação.

“O desmonte dramatúrgico das cinco peças anteriores para produzir estas duas novas, para as quais tivemos de inventar, também, outras estratégias criativas e outras saídas, foi uma experiência que não se encerra aqui. Continua sendo uma grande aposta para nós”, comenta Nascimento sobre os episódios que estreiam em Ficções e contam com trilha sonora e sonoplastia de Ivan Garro.

Aurora do Bonfim e Garoto Propaganda foram escritas entre 2017 e 2020 e partem do que o autor chama “drama do clichê”. Segundo ele, o clichê, nesse contexto, é entendido não como uma imagem piegas, mas como uma imagem amplamente fabricada, cunhada, processada, pronta para estar no máximo de lugares possível, até ser comum, natural, disponível ou mesmo obrigatória.

Mini bios dos convidados

Igor Nascimento

Escritor, diretor, produtor e pesquisador, atuante no cinema, no teatro e na literatura. Maranhense de São Luís, nascido e criado na área Itaqui-Bacanga, é graduado em Letras e mestre em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Doutor em Artes da Cena Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Sua pesquisa/prática volta-se para processos de criação colaborativos, escritas híbridas, estratégias de criação, multimídias e imagem-movimento. Entre os principais trabalhos estão: a direção, produção e dramaturgia da série radiofônica Fôlego Curto - Dramas para Ouvir (Rumos Itaú Cultural 2018-2019); os livros Caras-Pretas (Edital Banco da Amazônia 2015) e Fôlego Curto (Edital de Literatura FAPEMA 2018); a coautoria textual da peça Atenas, Mutucas, Boi e Body (prêmio Myriam Muniz 2015) e a direção e o texto de As Três Fiandeiras (Prêmio Nascente 2015 [SP], grupo Xama Teatro).

Lauande Aires

Ator, dramaturgo, diretor e compositor. Graduado em teatro Licenciatura e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFMA, onde desenvolve a pesquisa O Ator Brincante nos Passos do Boi. Seus principais espetáculos - O Miolo da Estória (2010), A Carroça é Nossa (2013) e Atenas: Mutucas, Boi e Body (2017) - participaram de projetos nacionais de circulação por todo o país, destacando-se por terem sido elaborados a partir dos elementos narrativos, visuais, sonoros e corporais presentes no bumba meu boi do Maranhão.

Ivan Garro

Atua há 20 anos com música e áudio, é multi-instrumentista, radialista, sonoplasta. Trabalhou em espetáculos teatrais, de diversas companhias, como Mundana, Cia Livre e Cia São Jorge, entre outras independentes, além de companhias internacionais, produzindo desenho de som a sonoplastia, trilhas originais e operação de áudio. Criou peças para o Museu da Língua Portuguesa, para o artista plástico Nuno Ramos, Fernando Vilela, Itaú Cultural e Rádio Itaú Cultural. Na produção musical, atuou com a Orquestra de Cordas Laetare, Bhakti Performing Arts, além de outros projetos. Hoje, além de participar de diversos projetos e espetáculos, cria em sua própria produtora e estúdio. É produtor musical e artista independente.

Cláudio Marconcine

Sua experiência é na área de artes, com ênfase em Interpretação Teatral. Tem especialização em Arte, mídia e educação e mestrando pela Universidade Federal do Maranhão (PPGAC/UFMA). É ator da Pequena Companhia de Teatro. Em dança, fez atividades com Maura Baiocchi, Dani Lima, Marcelo Evelin, Dudude Herrmann e Mariana Muniz. Em teatro, fez trabalhos com Antonio Abujamra, Luis Louis, Mauricio Abud, Eugenio Barba, Julia Varley, Vinícius Piedade, Silvana Abreu. Já no circo, com Ricardo Puccetti, Ciléia Biaggioli, Fernando Vieira e Alexandre Luis Casali.

Nuno Lilah Lisboa

Compositor, ator e poeta. Compôs trilhas para os espetáculos Feiurinha e O Grande Amor de Gonçalves Dias e Ana Amélia (cia Tramando Teatro) e atuou em Negro Cosme em Movimento (Grupo Cena Aberta) e Atenas - Mutuca, Boi e Body (Cia Santa Ignorância), e no cinema, esteve nos curtas Vontade e Cockshot, com direção de Caio D’Carvalho. No Rádio, atuou em Negro Cosme, O Tutor da Liberdade (Quilombo Netos de Nanã) e nas peças radiofônicas Sobre Ovos, Galinha e Revolução e Carne Moída, ambos da série Fôlego Curto – Dramas para Ouvir, de Igor Nascimento, contemplado pelo programa Rumos Itaú Cultural.

Renata Figueiredo

Atriz, contadora de histórias, mestre em educação e especialista em artes visuais integra o Grupo Xama Teatro. Atua nos espetáculos A Carroça é Nossa e As Três Fiandeiras, e também participou, como atriz, do projeto Fôlego Curto – Dramas para Ouvir.

Dênia Correia

Natural de São Luís e sócia da Santa Ignorância Cia de Artes. Como cantora, participou do espetáculo de rua/espaços alternativos A Morte do Boi Desmiolado (2008), de César Teixeira, e do musical infantil O Cavalo Transparente (2009), de Sylvia Orthoff. Entre 2010 e 2013, foi assistente de produção do espetáculo O Miolo da Estória e do projeto Casa Arte das Bicas. Em 2017, estreou no espetáculo Atenas como cantora-atriz, circulando por 10 cidades da região Norte através do projeto Sesc Amazônia das Artes. No mesmo ano lançou seu primeiro CD Pé de Tamarino.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.