Apresentação

Sonora Brasil passa pelo Maranhão com o tema Violas Brasileiras

O projeto traça um panorama da viola de cinco ordens; saiba mais.
Na Mira15/07/2016 às 10h09

SÃO LUÍS - Entre os dias 19 a 22 de julho, o projeto Sonora Brasil, que vai circular o país com os temas Sonoros Ofícios - Cantos de Trabalho e Violas Brasileiras, passará pelo Maranhão com o tema Violas Brasileiras, no qual traça um panorama da viola de cinco ordens e de variantes do instrumento que apresentam características peculiares e regionalizadas, relacionadas a práticas musicais restritas a ambientes geográficos pouco abrangentes.

As quatro apresentações fazem referências: a Viola Caipira/Sertaneja representada por Paulo Freire e Levi Ramiro (SP); a Viola no Nordeste representada por Cássio Nobre (BA), Adelmo Arcoverde (PE) e Raulino Silva (PE); a Viola em Concerto representada por Fernando Deghi (PR) e Marcus Ferrer (RJ); Violas Singulares representada por Sidnei Duarte (MT), Maurício Ribeiro (TO) e Rodolfo Vidal (SP).

Com a proposta de desenvolver programações identificadas com o contexto histórico da música no Brasil em formato bienal, na sua 18ª edição (2015/2016), o Sonora Brasil conta com a participação de quatro grupos em cada tema. Em 2016, o tema Violas Brasileras circulará pelos Estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, enquanto Sonoros Ofícios segue pelos Estados das regiões Sul e Sudeste.

Sonora Brasil

O Sonora Brasil é um projeto do Departamento Nacional do Sesc, realizado em parcerias com os Departamentos Regionais, que objetiva o destaque para a música de tradição oral e escrita no Brasil, essencialmente de caráter acústico, que não encontram atualmente espaço na mídia.

Contribuindo para amenizar esta lacuna, o Sonora Brasil busca, e torna acessível, o despertar do público para a música de tradição oral histórica, incentivando o olhar crítico sobre os mecanismos de difusão de música no país, além de fomentar práticas de apreciação artística, proporcionando oportunidades de acesso aos comerciários e público em geral de conhecerem mais de perto, o trabalho de compositores e intérpretes, tanto de raiz popular quanto de cunho acadêmico.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.