Covid-19

MA: 38 pacientes aguardam transferências para UTIs

A SES destaca que não são filas de espera geradas devido a 100% de ocupação de leitos, mas sim o processo normal de regulação de leitos.
Imirante.com01/04/2021 às 17h18
MA: 38 pacientes aguardam transferências para UTIsSão 38 pacientes que aguardam vaga em UTIs. (Divulgação / Governo do Maranhão)

MARANHÃO – Nesta quinta-feira (1º) a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que, nesse momento, 38 pacientes aguardam transferência para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Estado.

De acordo com a SES, a situação não tem relação com filas de espera provocadas devido a ocupação de 100% dos leitos, e sim trata-se de um ‘processo normal de regulação de leitos’ – a unidade de saúde faz a solicitação de transferência para a Central de Regulação, que por sua vez viabiliza um leito e efetiva o transporte do paciente para um local com UTI vaga.

Veja nota na íntegra da SES:

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, neste momento, há solicitação para transferência de 38 pacientes para leitos de UTI no Maranhão.

A SES destaca que não são filas de espera geradas devido a 100% de ocupação de leitos, mas sim o processo normal de regulação de leitos - a unidade solicita a transferência para a Central de Regulação, que viabiliza um leito e efetiva o deslocamento do paciente para um leito de UTI.

A Secretaria reforça ainda que os pacientes que aguardam leitos de enfermaria e UTI são atendidos, inclusive com transferência via UTI aérea para outras regiões de saúde.

A rede de gestão do estado, até o momento, não registrou óbitos de pacientes à espera.A rede de gestão do estado, até o momento, não registrou óbitos de pacientes à espera.

Procura por atendimento

Um vídeo exibido pelo Fantástico, na TV Globo, mostrou um paciente de Bacabeira, dentro de uma ambulância, e o desespero da irmã que procurava atendimento para ele em um hospital, entre a noite de sexta (26) e a madrugada do último sábado (27).

O idoso na maca é José Maria Santos Bandeira, de 60 anos. A irmã dele gravou o vídeo dizendo que eles saíram de Bacabeira em direção à São Luís por volta das 21h.

Após rodarem por mais de 4h, sem vagas em cinco hospitais, a irmã chora desesperada sem ter para onde levar seu José. “É ser humano, gente. Não é um animal não”, diz aflita. O idoso morreu ainda na madrugada de sábado na UPA do Vinhais. O atestado de óbito aponta que a causa foi uma parada cardiorrespiratória.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.