Falta d'água

ITZ: testes com equipamentos devem normalizar abastecimento

Foram autorizados testes com dois transformadores em Imperatriz.
Alan Milhomem / Imirante Imperatriz*22/02/2015 às 08h10

IMPERATRIZ – A Eletronorte autorizou testes com dois transformadores, um de 1 MVA e outro de 500 KVA, para que as duas bombas novas entrem em operação na subestação da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), em Imperatriz, e restabeleça a normalidade no abastecimento de água na cidade.

De acordo com nota divulgada pela concessionária, todos os esforços estão sendo feitos para corrigir os problemas causados pela queima do transformador do sistema de captação de água na cidade, que tem causado transtornos e revolta na população.

Com a queima do transformador, o sistema que abastece Imperatriz está operando com duas bombas sobressalentes, e a cidade está sendo abastecida em sistema de rodízio.

Leia Mais

ITZ: transformador da Caema pega fogo e ameaça abastecimento

Moradores de Imperatriz se revoltam com a falta de água

Moradores sofrem com falta d'água em pleno Natal

Imperatriz registra falta de água em vários bairros

Imperatriz sofre mais uma vez com a falta d'água no centro e nos bairros

Falta d'água, em Imperatriz, causa transtornos

Metade de ITZ pode ficar sem água por seis dias..

No fim da manhã da sexta-feira (20), um transformador de energia da subestação da Caema, em Imperatriz, pegou fogo e o Corpo de Bombeiros teve que ser acionado para apagar as chamas no aparelho.

Os moradores de vários bairros da cidade estão, mais uma vez, revoltados com a falha no abastecimento de água. A estudante Stephanne Menezes disse que na casa onde mora, no bairro Santa Rita, todos estão economizando e reservando água desde que ficaram sabendo do incidente.

No ano passado, a cidade sofreu com rotineiros problemas no abastecimento de água. O problema foi registrado em vários pontos da cidade em todo o segundo semestre de 2014. Durante o conserto nas bombas da Caema, que depois precisaram ser trocadas, o abastecimento de água na cidade foi reduzido em 50%.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.