Manipulação de resultados

Zagueiro ex-Sampaio é absolvido e ex-volante tricolor recebe multa

Resultados dos pareceres dos demais ex-atletas do tricolor maranhense não haviam sido divulgados, até o fechamento desta reportagem.

Imirante Esporte

- Atualizada em 07/06/2023 às 04h00
Resultados dos pareceres dos demais ex-atletas do tricolor maranhense não haviam sido divulgados, até o fechamento desta reportagem
Resultados dos pareceres dos demais ex-atletas do tricolor maranhense não haviam sido divulgados, até o fechamento desta reportagem (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa)

RIO DE JANEIRO – O ex-zagueiro do Sampaio Corrêa, Allan Godói, e o ex-volante André Luiz, que viraram réus após a Operação Penalidade Máxima,do Ministério Público de Goiás, que apura irregularidades em competições de futebol masculino envolvendo sites de apostas, foram julgados nesta terça-feira (6) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

De acordo com o repórter Raphael Zarko, do portal GE, o ex-zagueiro – e que atualmente está no Operário do Paraná, foi absolvido.

Já o ex-volante do Sampaio, André Luiz, e atualmente vinculado ao Ituano (SP), recebeu multa de R$ 50mil. Os demais jogadores citados e que atuaram no Sampaio Corrêa no ano passado, Mateusinho, Ygor Catatau e Paulo Sérgio, também foram julgados nesta terça-feira (6).

O clima ficou tenso durante o depoimento do ex-lateral do Sampaio, Mateusinho. Em depoimento, ele negou a participação em esquema de apostas. Antes disso, ele se negou a responder aos questionamentos do representante da 5ª Comissão Disciplinar do SJTD.

Ainda segundo o repórter Raphael Zarko, Paulo Sérgio prestou depoimento há pouco e ressaltou que não estava em campo na partida e também negou participação em qualquer esquema de manipulação esportiva. Ele é outros contaram que fazem apostas de jogos dos quais não participam: "Bayern de Munique, essas coisas assim…", teria declarado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.