Série D

Moto mira duelo de líderes e Nike diz: "para ganhar confiança"

Papão vai enfrentar o Fluminense (PI) em jogo que definirá líder de grupo.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

Moto Club deve ter mudanças no time titular
Moto Club deve ter mudanças no time titular (Hiago Ferreira / Moto Club)

SÃO LUÍS – Ainda líder do Grupo 2 da Série D, o Moto Club terá pela frente na próxima rodada o time que pode ser considerado o seu principal concorrente dentro da chave, o Fluminense (PI). E, neste confronto de líderes, o Tricolor piauiense é o 2º colocado, o Papão vai ter reforços vindos do departamento médico para tentar segurar o concorrente. O meia Leomir, o lateral-direito Douglas e o atacante Emerson Nike estão liberados e deve ir para o duelo.

VEJA MAIS 

Moto Club inicia preparação para enfrentar o Fluminense (PI)

Moto aposta em promoção para encher o Municipal

Depois de perder para o Tocantinópolis, por 2 x 0, na rodada passada, o Moto Club viu sua liderança ameaçada, mas o empate sem gols do Fluminense (PI) com o 4 de Julho deixou o Papão na ponta. As duas equipes estão com nove pontos, os maranhenses ganham nos critérios de desempate, e quem sair vencedor fica com a posição de líder ao fim da 6ª rodada.

E para este confronto, se não vai poder contar com o zagueiro Luís Eduardo, que, como uma lesão na coxa, será poupado, o técnico Júlio César Nunes terá três reforços de titulares. O atacante Emerson Nike, que vinha sendo bastante aproveitado, o meia Leomir, um dos responsáveis pela armação do time, e o lateral-direito Douglas, que ainda não fez sua estreia pelo clube, e o único jogador da posição no elenco.

“É um momento difícil, ficar no DM [departamento médico]. A gente sabe a angustia que é, ainda mais nesses três jogos que se passaram. A equipe vem em uma evolução, claro que teve a derrota, mas temos total condição de podermos está na equipe, voltando de lesão, para poder trazer mais três pontos, dentro de casa, junto com o nosso torcedor”, comentou Leomir.

Vice artilheiro do Moto, com cinco gols, Emerson Nike falou sobre seu retorno e também da importância de voltar a vencer para ganhar confiança.

“Para mim foi difícil, ficar duas semanas treinando separado. A minha expectativa de ir para esse jogo é a melhor possível, porque o Moto precisa da vitória. Os companheiros também precisam da vitória para voltar a confiança. Aquele jogo que nós perdemos para o Tocantinópolis não foi justo, porque nós jogamos mais do que eles”, comentou.

Mudanças na equipe titular

Com esses atletas à disposição, Júlio César Nunes tem até o sábado (21) para decidir quais mudanças fará na equipe. Pelo menos uma troca é certa, Anderson Cearense deve formar dupla com Dedé na defase. Na lateral-direita, se optar por deixar o estreante do Douglas no banco, pela falta de ritmo, o comandante deve seguir apostando no volante Lucas Hulk improvisado na posição.

No meio, o lateral-esquerdo Ronald vem sendo um dos destaques da equipe, e Leomir não tem sua volta garantida, mas, pelo menos, é uma opção a mais. Já no ataque, a tendência é que Nike forme o trio como Mário Sérgio e Enzzo, que joga mais centralizado.

Na 6ª rodada do Grupo 2 da Série D o Moto Club recebe o Fluminense (PI), em São Luís, em duelo que pode definir a liderança da chave. Esse confronto está marcado para o próximo domingo (22), às 17h, no estádio Nhozinho Santos. Essa partida terá transmissão da Rádio Mirante AM e cobertura completa do portal Imirante.com.
 


 


 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.